Seguidores

sábado, 31 de outubro de 2009

Filho é para sempre

Texto enviado por Mara Giannaccini, obrigada pela colaboração.

Vale a pena ler este texto!
Palestra ministrada pelo médico psiquiatra Dr. Içami Tiba, em Curitiba, 23/07/08.

O palestrante é membro eleito do Board of Directors of the International Association of Group Psychotherapy. Conselheiro do Instituto Nacional de Capacitação e Educação para o Trabalho "Via de Acesso". Professor de cursos e workshops no Brasil e no Exterior.
Em pesquisa realizada em março de 2004, pelo IBOPE, entre os psicólogos do Conselho Federal de Psicologia, os entrevistados colocaram o Dr. Içami Tiba como terceiro autor de referência e admiração - o primeiro nacional.

1º- lugar: Sigmund Freud;
2º- lugar: Gustav Jung;
3º- lugar: Içami Tiba.

1. A educação não pode ser delegada à escola. Aluno é transitório. Filho é para sempre.

2. O quarto não é lugar para fazer criança cumprir castigo. Não se pode castigar com internet, som, tv, etc...

3. Educar significa punir as condutas derivadas de um comportamento errôneo. Queimou índio pataxó, a pena (condenação judicial) deve ser passar o dia todo em hospital de queimados.

4. É preciso confrontar o que o filho conta com a verdade real. Se falar que professor o xingou, tem que ir até a escola e ouvir o outro lado, além das testemunhas.

5. Informação é diferente de conhecimento. O ato de conhecer vem após o ato de ser informado de alguma coisa. Não são todos que conhecem. Conhecer camisinha e não usar significa que não se tem o conhecimento da prevenção que a camisinha proporciona.

6. A autoridade deve ser compartilhada entre os pais.. Ambos devem mandar. Não podem sucumbir aos desejos da criança. Criança não quer comer? A mãe não pode alimentá-la. A criança deve aguardar até a próxima refeição que a família fará. A criança não pode alterar as regras da casa. A mãe NÃO PODE interferir nas regras ditadas pelo pai (e nas punições também) e vice-versa. Se o pai determinar que não haverá um passeio, a mãe não pode interferir. Tem que respeitar sob pena de criar um delinquente.

7. Em casa que tem comida, criança não morre de fome . Se ela quiser comer, saberá a hora. E é o adulto quem tem que dizer QUAL É A HORA de se comer e o que comer.

8. A criança deve ser capaz de explicar aos pais a matéria que estudou e na qual será testada. Não pode simplesmente repetir, decorado. Tem que entender.

9. É preciso transmitir aos filhos a ideia de que temos de produzir o máximo que podemos. Isto porque na vida não podemos aceitar a média exigida pelo colégio: não podemos dar 70% de nós, ou seja, não podemos tirar 7,0.

10. As drogas e a gravidez indesejada estão em alta porque os adolescentes estão em busca de prazer. E o prazer é inconsequente.

11. A gravidez é um sucesso biológico e um fracasso sob o ponto de vista sexual.

12. Maconha não produz efeito só quando é utilizada. Quem está são, mas é dependente, agride a mãe para poder sair de casa, para fazer uso da droga . A mãe deve, então, virar as costas e não aceitar as agressões. Não pode ficar discutindo e tentando dissuadi-lo da idéia. Tem que dizer que não conversará com ele e pronto. Deve 'abandoná-lo'.

13. A mãe é incompetente para 'abandonar' o filho. Se soubesse fazê-lo, o filho a respeitaria. Como sabe que a mãe está sempre ali, não a respeita.

14. Se o pai ficar nervoso porque o filho aprontou alguma coisa, não deve alterar a voz. Deve dizer que está nervoso e, por isso, não quer discussão até ficar calmo. A calmaria, deve o pai dizer, virá em 2, 3, 4 dias. Enquanto isso, o videogame, as saídas, a balada, ficarão suspensas, até ele se acalmar e aplicar o devido castigo.

15. Se o filho não aprendeu ganhando, tem que aprender perdendo.

16. Não pode prometer presente pelo sucesso que é sua obrigação. Tirar nota boa é obrigação. Não xingar avós é obrigação. Ser polido é obrigação. Passar no vestibular é obrigação. Se ganhou o carro após o vestibular, ele o perderá se for mal na faculdade.

17.. Quem educa filho é pai e mãe. Avós não podem interferir na educação do neto, de maneira alguma. Jamais. Não é cabível palpite. Nunca.

18. Muitas são desequilibradas ou mesmo loucas. Devem ser tratadas. (palavras dele).

19. Se a mãe engolir sapos do filho, ele pensará que a sociedade terá que engolir também.

20. Videogames é um perigo: os pais têm que explicar como é a realidade, mostrar que na vida real não existem 'vidas', e sim uma única vida. Não dá para morrer e reencarnar. Não dá para apostar tudo, apertar o botão e zerar a dívida.

21. Professor tem que ser líder. Inspirar liderança. Não pode apenas bater cartão.

22. Pais e mães não podem se valer do filho por uma inabilidade que eles tenham. 'Filho, digite isso aqui pra mim porque não sei lidar com o computador'. Pais têm que saber usar o Skype, pois no mundo em que a ligação é gratuita pelo Skype, é inconcebível pagarem para falar com o filho que mora longe.

23. O erro mais frequente na educação do filho é colocá-lo no topo da casa. O filho não pode ser a razão de viver de um casal. O filho é um dos elementos. O casal tem que deixá-lo, no máximo, no mesmo nível que eles. A sociedade pagará o preço quando alguém é educado achando-se o centro do universo.

24. Filhos drogados são aqueles que sempre estiveram no topo da família.

25. Cair na conversa do filho é criar um marginal. Filho não pode dar palpite em coisa de adulto. Se ele quiser opinar sobre qual deve ser a geladeira, terá que mostrar qual é o consumo (KWh) da que ele indicar. Se quiser dizer como deve ser a nova casa, tem que dizer quanto isso (seus supostos luxos) incrementará o gasto final.

26. Dinheiro 'a rodo' para o filho é prejudicial. Mesmo que os pais o tenham, precisam controlar e ensinar a gastar.

Frase final: "A mãe e o pai que levam o filho para qualquer religião ou crença, não vão buscá-lo na cadeia..."

sexta-feira, 30 de outubro de 2009

Para celebrar o envelhecer

Texto enviado por Regina Bradaschia Ushikusa, obrigada pela colaboração.

ESCRITO POR REGINA BRETT.

"Para celebrar o envelhecer, uma vez eu escrevi 45 lições que a vida me ensinou. É a coluna mais requisitada que eu já escrevi. Meu "taxímetro" chegou aos 90 em agosto, então , aqui está a coluna, mais uma vez:

1. A vida não é justa, mas ainda é boa.
2. Quando estiver em dúvida, apenas dê o próximo pequeno passo.
3 A vida é muito curta para perdermos tempo odiando alguém.
4. Seu trabalho não vai cuidar de você quando você adoecer. Seus amigos e seus pais vão. Mantenha contacto.
5. Pague suas faturas de cartão de crédito todo mês.
6. Você não tem que vencer todo argumento. Concorde para discordar.
7. Chore com alguém. É mais curador do que chorar sozinho.
8. Está tudo bem em ficar bravo com Deus. Ele aguenta.
9. Poupe para a aposentadoria, começando com seu primeiro salário.
10. Quando se trata de chocolate, resistência é em vão...
11. Sele a paz com seu passado, para que ele não estrague seu presente.
12. Está tudo bem em seus filhos te verem chorar.
13. Não compare sua vida com a dos outros. Você não tem idéia do que se trata a jornada deles.
14. Se um relacionamento tem que ser um segredo, você não deveria estar nele.
15 Tudo pode mudar num piscar de olhos; mas não se preocupe, Deus nunca pisca.
16. Respire bem fundo. Isso acalma a mente.
17. Se desfaça de tudo que não é útil, bonito e prazeroso.
18. O que não te mata, realmente te torna mais forte.
19. Nunca é tarde demais para se ter uma infância feliz. Mas a segunda só depende de você e mais ninguém.
20. Quando se trata de ir atrás do que você ama na vida, não aceite "não" como resposta.
21. Acenda velas, coloque os lençóis bonitos, use a lingerie elegante. Não guarde para uma ocasião especial. Hoje é especial!
22. Se prepare bastante; depois, se deixe levar pela maré....
23. Seja excêntrico agora, não espere ficar velho para usar roxo.
24. O órgão sexual mais importante é o cérebro.
25. Ninguém é responsável pela sua felicidade, além de você...
26. Encare cada "chamado" desastre com essas palavras: Em cinco anos, vai importar?
27. Sempre escolha a vida.
28. Perdoe tudo de todos.
29. O que outras pessoas pensam de você não é da sua conta...
30. O tempo cura quase tudo. Dê tempo...
31. Independentemente de a situação ser boa ou ruim, irá mudar...
32. Não se leve tão a sério. Ninguém mais leva...
33. Acredite em milagres...
34. Deus te ama por causa de quem Ele é, não pelo que você fez ou deixou de fazer.
35. Não faça auditoria de sua vida. Apareça e faça o melhor dela agora.
36. Envelhecer é melhor do que morrer jovem...
37. Seus filhos só têm uma infância...
38. Tudo o que realmente importa, no final, é que você amou.
39. Vá para a rua todo dia. Milagres estão esperando em todos os lugares.
40. Se jogássemos nossos problemas em uma pilha e víssemos os de todo mundo, pegaríamos os nossos de volta.
41. Inveja é perda de tempo. Você já tem tudo o que precisa...
42. O melhor está por vir...
43. Não importa como você se sinta, levante, se vista e apareça!!!
44. Produza...
45. A vida não vem embrulhada em um laço, mas ainda é um presente!!!

quinta-feira, 29 de outubro de 2009

Como utilizar o poder da visualização

Ensinamentos de Izabel Telles.

• FAÇA UM DIAGNÓSTICO DE SUAS EMOÇÕES
• ALGUNS EXERCÍCIOS:
• PARA CRIAR FORÇA DE VONTADE
• LIMPANDO O PASSADO
• PARA TERMINAR UMA RELAÇÃO QUE FAZ SOFRER
• PARA SOLIDIFICAR UM RELACIONAMENTO SAUDÁVEL
• PARA OBTER MAIS ENERGIA

Faça os exercícios sempre pela manhã, logo após acordar. Mas nem tente realizá-los na posição deitada, é pura perda de tempo, já que esta é uma posição de relaxamento. Os exercícios de visualização devem ser feitos com a pessoa sentada, em posição de trabalho.

Feche os olhos. Respire calmamente e pergunte à sua mente as causas de seu problema.

Este recolhimento, ao sair dos estímulos do mundo externo, vai revelar durante poucos segundos, a resposta de que você precisa. Ela vem em forma de imagem, música, ou cheiro. A porta da mente são os sentidos: odores familiares, por exemplo, podem lembrar algum fato de sua infância. Preste atenção no que sua mente quer revelar a você.

O próximo passo é reverter à imagem. Se você teve a lembrança ou a ideia da morte, imagine o oposto imediatamente. Imagine uma criança nascendo, o sol pela manhã, radiante e cheio de vida. Se a idéia de prisão predominar, imagine uma porta se abrindo, libertando você. Desta forma, você já começa a reprogramar seus pensamentos. Não é necessário fazer uma visualização longa. Respire e abra os olhos.

Repita o exercício por 3 ciclos de 21 dias, respeitando um intervalo obrigatório de 7 dias entre cada ciclo. Os exercícios devem ser mentalizados sempre da mesma forma, com os mesmos detalhes. Aos poucos, você vai notar que sua respiração durante os exercícios vai mudar. É o sinal de que você está conseguindo reverter imagens negativas. Acredite. O inconsciente depende da sua fé. Você não o vê, nem pode tocá-lo, então, deve dar espaço para ele se expressar por suas palavras e seus atos. Comece a observar as mudanças em sua vida.

ALGUNS EXERCÍCIOS: Aprenda como são feitos cinco dos sessenta exercícios propostos por Izabel Telles em seu livro.

PARA CRIAR FORÇA DE VONTADE: Imagine que seu umbigo é um sol do meio-dia, emitindo calor e força a todo seu ser e tudo o que o cerca.
Identifique o poder que há aí. Sinta esse poder. E realize. Respire e abra os olhos.

LIMPANDO O PASSADO: Entre em uma casa e suba as escadas que levam ao sótão.
Abra a porta. Acenda a luz e veja quanta coisa velha há guardada ali. Jogue tudo para fora e passe cal branco nas paredes. Encere o chão e perfume todo o ambiente com o aroma de sua preferência. Deixe o sol brilhante entrar pelas janelas e, sabendo que você está livre das suas mágoas do passado, respire e abra os olhos.


PARA TERMINAR UMA RELAÇÃO QUE FAZ SOFRER: Faça de conta que está num campo com a pessoa da qual deseja separar-se. Respire uma vez. E pense nela partindo. Imagine que cai sobre ela uma chuva dourada. Perceba uma brisa levando-a embora até que a imagem se desfaça docemente no infinito. Respire e abra os olhos.


PARA SOLIDIFICAR UM RELACIONAMENTO SAUDÁVEL: (entre namorados, familiares, amigos, colegas, etc.) Imagine seu relacionamento como uma planta num vaso de terra. Pegue um regador e vá regando esta planta. Imagine que ela está crescendo, crescendo, até que as raízes partam o vaso e entrem na terra. Assim é este relacionamento: forte, seguro, eterno. Respire e abra os olhos.

PARA OBTER MAIS ENERGIA: Imagine sua vida como uma mangueira de jardim que apresenta um nó bem no meio. Vá até lá e desmanche o nó. Sinta a água fluir livremente, irrigando uma plantação repleta de frutos. Respire e abra os olhos.

Luz e Paz,

Marilda Jorge

quarta-feira, 28 de outubro de 2009

Respondendo E-mails

Para os que me escreveram perguntando sobre Talit, Kipá e Yom Kipur, segue abaixo as respostas e coloco também um quadro meu, para ilustrar a matéria. Neste quadro, o Rabino está vestido com o Talit e o Kipá, no dia do Yom Kipur

Talit

O talit – טַלִּית (no hebraico moderno), talet - טַלֵּית (em sefaradi) ou talis (em Iídiche) é um acessório religioso judaico em forma de um xale feito de seda, lã (mais caro e elegante que o de seda) ou linho, tendo em suas extremidades as tsitsiot ou sissiot "sefaradi" (franjas). Ele é usado como uma cobertura na hora das preces judaicas, principalmente no momento da oração de Shacharit (primeiras orações feitas pela manhã).

O talit (também conhecido como "talit gadol" - טלית גדול) é usado pelos homens no momento da oração na sinagoga e no momento da oração do Shacharit. O talit isola o que esta orando do mundo a sua volta e facilita-o na em sua concentração durante a oração. Sobre o talit se interpreta: um dos objetivos deste acessório é criar um ambiente de igualdade entre os oram na sinagoga, tendo então concordância com uma cobertura homogênea que estaria sobre as roupas, deixando todos iguais.

Entre os asquenazitas, o costume de se cobrir com o talit se reserva aos homens apenas após o casamento. De acordo com este costume, quando se está solteiro, é permitido cobrir-se com talit só em ocasiões especiais, como no momento que eles são chamados para serem “Olim” - עולים (plural de “Olê” - עולה, denominação aos que são chamados para ler a Torá nas sinagogas).

Os judeus orientais (também chamados de “mizrahiim”) têm o costume de se cobrir com o talit a partir da idade de treze anos, quando o menino faz o Bar Mitzvah ou até mesmo antes dessa cerimônia. Comunidades Conservadoras e Reformistas permitem também às mulheres fazerem uso do talit apesar da lei Judaica tradicional isentarem as mulheres dessa obrigação.

Uma observação deve ser feita aqui, o Talit só é usado nas sinagogas durante o dia. O único dia que se usa nas orações ao anoitecer é no dia do perdão (Yom Kipur), onde o Rabino toca o Shofar.

Kipá

Breve História da Kipá:

Os judeus cobrem a cabeça durante a oração, muitos homens ortodoxos vestem uma pequena kipá (em idish, "iarmulka", ou "kapele", em hebraico "kipá") o tempo inteiro para se lembrar da presença de D'us.

Talvez esse hábito tenha nascido por causa do ritual do Templo, onde o sacerdote usava uma cobertura de cabeça. O Talmud recomenda que se cubra a cabeça dos meninos pequenos, para educá-los nos bons ensinamentos e serem fiéis ao crescerem.

Há relatos, de que, durante a idade média, cobrir a cabeça, mesmo na sinagoga, não era uma prática universal. Os chapéus especiais, que os judeus eram obrigados a usar, nos países cristãos e muçulmanos, presumivelmente, solidificaram este costume. Hoje em dia, a cobertura da cabeça, serve para diferenciar os judeus, particularmente dos cristãos, que descobrem a cabeça na igreja. Assim, membros do movimento Chassídico usam geralmente um solidéu de veludo sobre um chapéu preto ou um shtreiml, enquanto muitos israelenses usam um solidéu tricotado.

As mulheres ortodoxas, após o casamento, passam a cobrir suas cabeças como sinal de recato, já que a exposição do cabelo é considerada uma forma de exposição indevida.
Baseado no Dicionário Judaico de lendas e tradições de Alan Unterman.

Yom Kipur

Os dias entre Rosh Hashaná e Yom Kipur são conhecidos como os Dez Dias de Penitencia, uma oportunidade a todos de fazer um auto-exame e buscar o perdão e a purificação para serem inscritos no Livro da Vida. Conforme o Talmude (a bíblia oral), todas as ações do ser humano no ano que passou são avaliadas por D-us em Rosh Hashaná e o julgamento é realizado em Yom Kipur.

Para todos os judeus, estes se tornaram dias de reverencia, os Dias Temíveis.
"Aos dez dias deste sétimo mês é o dia das expiações; convocação de santidade será para vós, e afligireis suas almas (através do jejum)..." (Lev. 23)

Yom Kipur, o Dia do Perdão, é o dia mais sagrado e solene do ano, o auge dos Dez Dias de Penitencia iniciados em Rosh Hashaná. Neste dia, em cada congregação, os rolos da Torá (bíblia) são retirados da Arca Sagrada e carregados dentro das sinagogas.

O Kol Nidrei (em aramaico significa "todos os votos" ou "todas as promessas"), apesar de tocar o fundo da alma judaica, infundindo em cada um dos presentes temor e esperança, na realidade não é uma oração e o texto sequer menciona o tema arrependimento. É uma declaração coletiva que permite aos que estão presentes anular promessas, votos ou juramentos feitos a D-us e não cumpridos. No Yom Kipur, na hora do Kol Nidrei, somos lembrados que a palavra é sagrada e que promessas assumidas dever ser escrupulosamente respeitadas.

Para o judaísmo, votos e juramentos são compromissos de extrema importância e a Torá é explícita neste ponto. Um mandamento bíblico afirma que uma promessa proferida não deve ser quebrada. Esta proibição é tão grave que o Talmude diz que o mundo treme diante dela e, portanto, não podemos nos aproximar de D-us para implorar Seu perdão sem antes nos termos livrado do grave pecado de ter violado nossa palavra a Ele.

O Talmude aconselha evitar juramentos e votos. É muito importante lembrar que, assim como o Yom Kipur só absolve as transgressões do homem em sua relação com D-us, o Kol Nidrei nos libera somente de votos ou juramentos pessoais feito a D-us e só a Ele. Em hipótese alguma nos libera de promessas, juramentos ou votos que envolvam outras pessoas; estes só poderão ser anulados quando, na presença de todos os envolvidos, todos estiverem de acordo com a anulação.

Sem a possibilidade do arrependimento o mundo não poderia existir, já que ao criar o homem com o livre arbítrio - a liberdade de escolha entre o bem e o mal - D-us deu-lhe a possibilidade de errar, de se afastar Dele. Mas ofereceu-lhe também a possibilidade de voltar para Ele, a possibilidade de mudar o curso de sua vida, de arrepender-se, de "aproximar-se de D-us afastado-se do pecado", de retornar.

Yom Kipur é um dia único, especial e indispensável, no qual o homem tem condições espirituais para d'Ele se aproximar. No dia de Yom Kipur o poder do mal é suspenso e a Santidade Suprema é revelada. Em Yom Kipur o homem tem a possibilidade de se elevar espiritualmente atingindo o nível dos anjos. Os pecados que cometeu contra D-us, se ele se arrepender sinceramente, serão perdoados, permitindo-lhe retomar seu caminho em direção à Luz. Neste dia, assim como os anjos, Israel não come, não bebe, não usa sapato de couro. É o único dia que podemos recitar em voz alta a bênção do primeiro versículo da oração Shmá Israel (Escuta ó Israel...): "Bendito seja o Nome da glória...eternidade". Segundo a tradição, no momento em que recebeu a Torá e a trouxe para o povo de Israel, Moisés ouviu esta bênção dos anjos. Sendo esta oração dos anjos, é recitada em voz baixa o ano inteiro. Apenas em Yom Kipur, quando Israel se assemelha a um anjo, esta frase é dita em voz alta.

Nossos sábios ensinam que, apesar dos Portões do Arrependimento estarem sempre abertos, as condições espirituais que estão presentes neste dia e que nos permitem distinguir com mais facilidade o bem do mal, não existem em nenhum outro momento.

Foi neste dia 10 de Tishrê, Yom Kipur, que D-us perdoou o imperdoável: o bezerro de ouro. Foi neste dia que, após 40 dias de súplica para que D-us perdoasse os Filhos de Israel, Moisés desceu com o segundo par de tábuas dos Dez Mandamentos, prova do perdão Divino pelo pecado do bezerro de ouro. Enquanto Moisés estava no Monte Sinai pedindo e suplicando pelos Filhos de Israel, D-us lhe revelou Seus Treze Atributos de Misericórdia.

Ao proclamá-los, D-us estava mostrando a Moisés que a Sua Misericórdia supera todas as considerações sobre erros que o homem possa ter cometido no passado ou venha a cometer no futuro. D-us também mostrou a Moisés que se o homem usar de misericórdia, perdoando os que estão a sua volta, ele poderá se conectar espiritualmente com o mundo da Misericórdia Divina, conseguindo que seus próprios erros sejam perdoados. Por isso nossos sábios nos ensinam que se o homem perdoar a quem o magoou, se mostrar benevolência e generosidade para com seu semelhante, os Céus vão tratá-lo da mesma forma.

Espero ter esclarecido as dúvidas.

Luz e Paz,

Marilda Jorge

terça-feira, 27 de outubro de 2009

Sessão Saúde e Prevenção

Texto enviado por Geraldo Venâncio, obrigada pela colaboração.

Um médico naturalista estava muito triste porque participou de congressos e, embora comprovados, os resultados de certas experiências não eram divulgados, como ele disse "NÃO DÁ IBOPE''. Então ensinou a fazer um exercício simples que evita problemas cardíacos.

1º. Antes do banho, exercitar a panturrilha (levantar o corpo na ponta dos pés) , primeiro rápido até esquentar as panturrilhas e depois uma sequência de 10 movimentos lentos. Pronto. Esse exercício bombeia o sangue para o coração, melhora os batimentos cardíacos e evita obstrução das veias. Nos primeiros 6 meses, se a pessoa estiver com excesso de peso, ela emagrece da cintura para baixo e, nos 6 meses Seguintes, da cintura para cima; depois de 2 anos, não engorda mais e, alem de tudo, diminui o risco de uma cirurgia cardíaca que custa em média, hoje em dia, R$ 38.000,00 e, de um modo geral, os planos de saúde nem sempre pagam.
Melhora o problema de micro varizes.


2º. Ao chegar em casa, coloque os seus pés em uma bacia com água bem quente (o famoso escalda pés - alem de relaxar, esse processo desencadeia a dilatação dos vasos sanguíneos dos pés, melhora o cabelo e melhora, inclusive, a visão. Esse processo foi pesquisado com pessoas diabéticas e o resultado evidenciou a melhora na circulação sanguínea, diminuindo os casos de gangrena, o quadro geral de saúde dos pesquisados melhorou, e como um fato relevante, a melhora da visão. Evita o encurvamento da coluna

3º. Ao acordar, deitado de barriga para cima pedalar 120 vezes no ar. Esse Exercício melhora o posicionamento da coluna e da postura, diminuindo ou Retardando o encurvamento das costa e aliviando as dores nas costas, baixando a pressão.

4º. Ao perceber que a pressão subiu, coloque as pernas dentro de um balde com água muito gelada até os joelhos. Permaneça nesta imersão por 20min. Este Processo fará com que o organismo, na busca de aquecer os membros inferiores, faça com que o acúmulo de sangue na cabeça desça, baixando a pressão.

segunda-feira, 26 de outubro de 2009

A Fábula do Porco Espinho

Texto enviado por Marina Hiroko Nishida, obrigada pela colaboração.

Para Refletir...

A Fábula do Porco-Espinho

Durante a era glacial, muitos animais morriam por causa do frio.
Os porcos-espinhos, percebendo a situação, resolveram se juntar em grupos, assim se agasalhavam e se protegiam mutuamente; mas, os espinhos de cada um feriam os companheiros mais próximos, justamente os que ofereciam maior calor.

Por isso decidiram afastar-se uns dos outros e voltaram a morrer congelados.

Então precisavam fazer uma escolha: ou desapareceriam da Terra ou aceitavam os espinhos dos companheiros.
Com sabedoria, decidiram voltar a ficar juntos. Aprenderam assim a conviver com as pequenas feridas que a relação
com uma pessoa muito próxima podia causar, já que o mais importante era o calor do outro. E assim sobreviveram!

Moral da História:

O melhor relacionamento não é aquele que une pessoas perfeitas, mas aquele onde cada um aprende a conviver com os defeitos do outro e consegue admirar suas qualidades.

domingo, 25 de outubro de 2009

Dica Interessante


Texto enviado por Fernando Leite, obrigada pela colaboração.

Salvando celular molhado







(1) Basta pegar o aparelho, secar, retirar a bateria e colocá-lo em um recipiente cheio de arroz cru.


(2) Não use secador de cabelo no celular. Assistências técnicas aconselham evitá-lo, já que o ar quente pode danificar os componentes do telefone.

(3) O arroz tem essa propriedade de absorver água porque é rico em amido, que possui uma forte afinidade elétrica com as moléculas de água e acaba as atraindo.

sábado, 24 de outubro de 2009

Mudando a Rotina

Texto enviado por Joemir Rosa, obrigada pela colaboração.

Você anda meio aborrecido com tudo?
Cansado do seu trabalho diário?
Sem vontade de estudar?
Perdeu o gosto pelas coisas?

Então está na hora de você mudar de rotina de vida!
No mundo moderno o maior causador de estresse é o acumulo de energias humanas em ações repetitivas.
Concentre-se neste momento de reflexão e quebre algumas regras e paradigmas.

Mude hoje mesmo os seus padrões de trabalho, as suas rotinas operacionais, as suas atitudes e os seus hábitos familiares.
Aproveite o dia para sair pelo mundo a divagar, com o pensamento bem longe da realidade e muito próximo dos sonhos.
Saia para tomar um sorvete às três da tarde, bem na hora do expediente.

Quem sabe, convidar um amigo para aquele bate papo gostoso no meio da tarde.
Desde já fique sabendo de uma verdade: o mundo e as coisas ao seu redor não irão parar porque você resolveu dar algumas horas de folga pra você mesmo.

sexta-feira, 23 de outubro de 2009

Kit Felicidade

Crônica do Livro "Trem Bala", da escritora Martha Medeiros.

Por muito tempo acreditei que a fórmula da felicidade estava no triângulo: amor, saúde, dinheiro. Acredito, ainda, que ter o coração preenchido, o corpo funcionando 100 % e um saldo decente no banco aliviam à beça as dores do mundo.

Se você não está só, não está doente e não está duro, vai se angustiar por quê?

Você não está só, não está doente e não está duro, porém jamais conseguiu ir ao cinema sozinho, ou viajar sozinho, ou dar uma caminhada sozinho. Você não consegue escolher entre um casaco preto e um marrom sem consultar uma segunda opinião. Você nunca aceitou um emprego sem antes saber o que sua turma pensava a respeito, nunca tomou uma decisão que fosse desaconselhada pelos presentes, nunca abriu um champanhe para si mesmo.

Você não está só, não está doente e não está duro, mas não acredita que tenha condições de realizar um trabalho que nunca fez antes. Tem certeza de que é a pessoa mais deslocada da festa e que está vestido inadequadamente. Não dá palpite na conversa dos outros porque sabe que vai dizer besteira. Ri das piadas que não entende para parecer inteligente, mesmo que a piada não tenha sentido algum. É ph.D em Literatura, mas não ousa mostrar seus versos. Tem o corpo malhado, mas anda encurvado na rua. Bate o joelho na quina da mesa e, em vez de soltar um palavrão, pede desculpas para o móvel...

Você não está só, não está doente e não está duro, mas leva a ferro e fogo tudo o que lhe dizem. Se alguém comenta que seu cabelo está mais grisalho você rebate dizendo que a barriga do outro está mais saliente. Se errou o caminho na estrada, pragueja em vez de aproveitar a bela paisagem que se descortinou. Se alguém desmarca um compromisso em cima da hora, você corta relações. Se algo sai errado, a culpa nunca é sua. Se exagera numa reação, é incapaz de rir de si próprio e relevar o incidente. Um congestionamento estraga o seu dia.

Amor, saúde e dinheiro persistem como a tríade dos sonhos, mas o século 21 está colocando na prateleira um kit suplementar: independência, auto-estima e bom humor.

A felicidade não depende só do cumprimento de metas vitais, mas também de atitudes mundanas.

quinta-feira, 22 de outubro de 2009

Sessão Saúde e Prevenção

COQUETEL DA LONGEVIDADE

O envelhecimento é natural, implacável, porém, democrático: acontece com todo mundo, sem exceção. Sentimos na pele o início do envelhecimento. Da mesma forma que uma maçã escurece quando aberta, a nossa pele também oxida.

O que define a chegada da velhice? A idade cronológica? Hoje em dia, com certeza, não! Uma aparência jovial é conquistada com muito esforço, exercícios diários e uma alimentação pra lá de saudável. Cuidar da aparência não só melhora a auto-estima, mas amplia as chances no mercado de trabalho. Quem faz uma alimentação variada e equilibrada está no caminho certo.

É bom lembrar que as substâncias benéficas para a pele são encontradas em supermercados e feiras livres e não na farmácia. Cada vez mais as frutas mostram que, além de nutritivas, cumprem um papel terapêutico. O abacaxi e a acerola são ricos em colágeno, e melhoram a musculatura. O suco e a semente das uvas protegem os vasos sanguíneos. Mamão, melão, pêssego e damasco contêm beta caroteno que, no organismo, se transforma em vitamina A, e evita a oxidação das células.

Fígado, leite e derivados desnatados restauram os tecidos e diminuem a queda de cabelos. As folhas bem verdes, como brócolis, agrião e espinafre são potentes antioxidantes. Peixes, grãos integrais, a castanha do Pará e a soja também auxiliam na firmeza da pele.

A especialista em estética, Dra. Maria do Carmo Sobral Lins, dá a receita de um coquetel que ajuda a retardar o envelhecimento. Vale a pena experimentar!

Receita:
1 copo de leite de soja
1 colher de chá de albumina em pó
1 colher de levedo de cerveja
1 colher de café de gérmen de trigo
1 colher de café de semente de linhaça
1 colher de café de guaraná em pó
2 bananas

Bater todos os ingredientes no liquidificador e servir em seguida. Não guarde para tomar mais tarde, pois muitos nutrientes se perdem em contato com o ar.

Luz e Paz,

Marilda Jorge

quarta-feira, 21 de outubro de 2009

Palco da vida

Texto enviado por Regina Bradaschia Ushikusa, obrigada pela colaboração.

Você pode ter defeitos, viver ansioso e ficar irritado algumas vezes, mas não se esqueça de que sua vida é a maior empresa do mundo. E você pode evitar que ela vá a falência. Há muitas pessoas que precisam, admiram e torcem por você. Gostaria que você sempre se lembrasse de que ser feliz não é ter um céu sem tempestade, caminhos sem acidentes, trabalhos sem fadigas, relacionamentos sem desilusões.

Ser feliz é encontrar força no perdão, esperança nas batalhas, segurança no palco do medo, amor nos desencontros.

Ser feliz não é apenas valorizar o sorriso, mas refletir sobre a tristeza. Não é apenas comemorar o sucesso, mas aprender lições nos fracassos. Não é apenas ter júbilo nos aplausos, mas encontrar alegria no anonimato. Ser feliz é reconhecer que vale a pena viver, apesar de todos os desafios, incompreensões e períodos de crise.

Ser feliz é deixar de ser vítima dos problemas e se tornar um autor da própria história. É atravessar desertos fora de si, mas ser capaz de encontrar um oásis no recôndito da sua alma. É agradecer a Deus a cada manhã pelo milagre da vida. Ser feliz é não ter medo dos próprios sentimentos. É saber falar de si mesmo. É ter coragem para ouvir um “não”. É ter segurança para receber uma crítica, mesmo que injusta.

Ser feliz é deixar viver a criança livre, alegre e simples que mora dentro de cada um de nós. É ter maturidade para falar “eu errei”. É ter ousadia para dizer “me perdoe”. É ter sensibilidade para expressar “eu preciso de você”. É ter capacidade de dizer “eu te amo”.

É ter humildade da receptividade. Desejo que a vida se torne um canteiro de oportunidades para você ser feliz…
E, quando você errar o caminho, recomece.

Pois assim você descobrirá que ser feliz não é ter uma vida perfeita. Mas usar as lágrimas para irrigar a tolerância. Usar as perdas para refinar a paciência. Usar as falhas para lapidar o prazer. Usar os obstáculos para abrir as janelas da inteligência.

Jamais desista de si mesmo.

Jamais desista das pessoas que você ama.

Jamais desista de ser feliz, pois a vida é um obstáculo imperdível, ainda que se apresentem dezenas de fatores a demonstrarem o contrário.

“Pedras no caminho?”

“Guardo todas, um dia vou construir um castelo…”

Fernando Pessoa

terça-feira, 20 de outubro de 2009

Minhas queridas crianças!

Este é o mês de vocês, crianças de pequeno, médio e grande porte. Não falamos em idade e sim, na alma da criança que existe dentro de cada um de nós. A alma que perdoa, onde com um beijo sara um machucado e quando leva um tombo ri de si mesmo e vai em frente.

Nossa literatura ficou neste mês mais suave do que já é com textos gostosos e de aprendizado, onde a vontade de mudar e melhorar são essenciais...

Contamos com colaborações queridas e gentis, de vários amigos do blog e agradeço muito, pois andorinha só, não faz verão não é?

E agora vai um recadinho para todas as crianças que existem dentro de nós: a criança ama aquilo que vê e deseja, e nem sempre é possível ter tudo o que se deseja, mas é possível desejar ter o melhor e ter dias felizes.

Ser feliz não depende do outro e sim de nós mesmos! Quando baseamos nossa felicidade em algo ou alguém, estamos esperando demais de alguém, de algo ou do mundo...

Amar não depende do outro e sim do nosso desejo de doar, independente se o outro nos ama ou não... podemos amar pessoas ou o que fazemos, tudo vale!

As crianças de todas as idades querem colo e carinho; se entendermos isso, já é meio caminho andado para que nossa Divindade se aproxime mais de nós. Neste momento estaremos agradecendo tudo o que conseguimos, perdoando os nossos próprios defeitos, perdoando os que nos machucaram, acolhendo novas ideias e tomando naturalmente o lugar que nos é devido: UM LUGAR FELIZ PERTO DA NOSSA DIVINDADE!

Ela ao se aproximar... sentimos a força do bem e a felicidade natural que nos vem de graça. Felicidade é um estado de dentro para fora e não depende do que temos ou de alguém.

Espero que neste mês de outubro, mais um degrau possa ser escalado com sucesso.

Luz e Paz para todos nós dentro desta nova ótica!

Marilda Jorge

segunda-feira, 19 de outubro de 2009

A corrida dos sapinhos

Texto enviado por Marina Hiroto Nishida, obrigada pela colaboração.

Era uma vez uma corrida de sapinhos.. O objetivo era atingir o alto de uma grande torre. Havia no local uma multidão assistindo. Muita gente para vibrar e torcer por eles.

Começou a competição. Mas como a multidão não acreditava que os sapinhos
pudessem alcançar o alto daquela torre, o que mais se ouvia era: “Que pena!!!
Esses sapinhos não vão conseguir. Não vão conseguir.”

E os sapinhos começaram a desistir. Mas havia um que persistia e continuava a subida, em busca do topo. A multidão continuava gritando: “Pena!!! Vocês não vão conseguir.”

E os sapinhos estavam mesmo desistindo um por um, menos aquele sapinho que continuava tranquilo, embora arfante. Ao final da competição todos desistiram menos ele.

A curiosidade tomou conta de todos. Queriam saber o que tinha acontecido.
E assim, quando foram perguntar ao sapinho como ele havia conseguido concluir a prova, descobriram que ele era surdo.

Moral da história: não permita que pessoas com o péssimo hábito de serem negativas, derrubem as melhores e mais sábias esperanças de seu coração.
Lembre-se sempre: há poder em nossas palavras e em tudo o que pensamos. Seja Positivo!!!

domingo, 18 de outubro de 2009

Pensamento do Dia

Leon Tolstói

"Querer saber o que parece tão difícil se não é errado, entre tantos seres vivos que praticam a violência, ser o único ou um dos poucos não violentos, não é diferente de querer saber se seria possível ser sóbrio entre tantos embriagados, e se não seria melhor que todos começassem logo a beber."

sábado, 17 de outubro de 2009

A mãe chipanzé e os filhotes de tigre branco

Quando o furação Hannah separou dois tigres brancos da sua mãe, Anjana veio em seu salvamento. Anjana é uma chimpanzé. Ela assentou bem no papel de mãe, oferecendo carinho, brincando e ajudando mesmo com a alimentação (veja as fotos logo abaixo).

Ela passa grande parte do dia dedicada aos tigres e sente-se feliz com o papel que desempenha, e os tigres brancos estão verdadeiramente deliciados com a sua "mãe".

Essa é a verdadeira natureza dos animais, as espécies não são agressivas entre si, muito pelo contrário, umas tomam conta das outras. Esse equilibrio foi quebrado, para variar, pelas energias agressivas dos seres humanos. Nós é que agredimos, matamos e não temos compaixão com nada e nem ninguém.

E agora, me responda uma coisa: quem é o animal irracional???

Luz e Paz,

Marilda Jorge






























































sexta-feira, 16 de outubro de 2009

A Raposa

Antoine de Saint-Exupéry. (O Pequeno Príncipe)

Foi então que apareceu a raposa:
- Bom dia – disse a raposa.
- Bom dia – respondeu o principezinho com delicadeza. Mas ao voltar-se não viu ninguém.
- Estou aqui – disse a voz -, debaixo da macieira…
- Quem és tu? – disse o principezinho. – És bem bonita…
- Sou uma raposa – disse a raposa.
- Anda brincar comigo – propôs-lhe o principezinho. – Estou tão triste…
- Não posso brincar contigo – disse a raposa. – Ainda ninguém me cativou.
- Ah! Perdão – disse o principezinho.
Mas, depois de ter refletido, acrescentou: – Que significa “cativar”?
- Tu não deves ser daqui – disse a raposa. – Que procuras?
- Procuro os homens – disse o principezinho. – Que significa “cativar”?
- Os homens – disse a raposa – têm espingardas e caçam. E uma maçada! Também criam galinhas. É o único interesse que lhes acho. Andas a procura de galinhas?
- Não – disse o principezinho. – Ando a procura de amigos. Que significa “cativar”?
- É uma coisa de que toda a gente se esqueceu – disse a raposa. – Significa “criar laços”…
- Criar laços? -
Isso mesmo – disse a raposa. – Para mim, não passas, por enquanto, de um rapazinho em tudo igual a cem mil rapazinhos. E eu não preciso de ti. E tu não precisas de mim. Para ti não passo de uma raposa igual a cem mil raposas. Mas, se me cativares, precisaremos um do outro. Serás para mim único no mundo. Serei única no mundo para ti…
- Começo a compreender – disse o principezinho. – Existe uma flor... creio que ela me cativou.
- É possível – disse a raposa. – Vê-se de tudo à superfície da Terra…

Hoje esquecemos de cativar as pessoas... então, vamos sorrir, conversar e cativar.

Luz e Paz,

Marilda Jorge

quinta-feira, 15 de outubro de 2009

Presente

Texto enviado por Joemir Rosa, obrigada pela colaboração.

Se um dia, ao acordar, você encontrasse, ao lado da sua cama, um lindo pacote embrulhado com fitas coloridas, o que você iria fazer?
Possivelmente você o abriria, antes mesmo de lavar o rosto, rasgando o papel, curioso para ver o que havia dentro... Talvez houvesse ali algo de que você nem gostasse muito... Então você guardaria a caixa, pensando no que fazer com aquele presente aparentemente "inútil".

Mas no dia seguinte, porém, lá está outra caixa. Mais uma vez, você abre correndo, e dessa vez, porém, há alguma coisa de que você gosta muito...Uma lembrança de alguém distante, uma roupa que você viu na vitrine, a chave de um carro novo, um casaco pros dias de frio ou simplesmente um ramo de flores de alguém que se lembrou de você... E isso acontece todos os dias, mas nós nem percebemos.

Todos os dias quando acordamos, lá está, à nossa frente, uma caixa de presentes enviada por Deus, especialmente para nós: um dia inteirinho para usarmos da melhor forma possível! Às vezes, ele vem cheio de problemas, coisas que não conseguimos resolver, tristezas, decepções, lágrimas. Mas outras vezes, ele vem cheio de surpresas boas, alegrias, vitórias e conquistas. O mais importante é que, todos os dias, Deus embrulha pra nós, enquanto dormimos, com todo o carinho, nosso PRESENTE: o dia seguinte... Ele cerca nosso dia com fitas coloridas, não importa o que esteja por vir.

E há esse dia quando acordamos, chamamos PRESENTE. O momento, agora. O PRESENTE de Deus pra nós!!! Nem sempre Ele nos manda o que esperamos ou que queremos. Mas Ele sempre, sempre e sempre, nos manda o melhor, o que mais precisamos e muito mais do que merecemos.

Abra seu PRESENTE todos os dias, primeiro agradecendo a quem o mandou, sem se importar com o que vem dentro do "pacote"! Sem dúvida, Ele não se engana na remessa dos pacotes! Se não veio hoje o PRESENTE que você esperava, não desista. Abra o de amanhã com mais carinho, pois a qualquer momento, seu sonho chegará. embrulhadinho pra PRESENTE!

Lembre-se de que DEUS não atende as nossas vontades, mas, sim, as nossas necessidades.

quarta-feira, 14 de outubro de 2009

O Menino do Pijama Listrado

Recebi de um amigo este livro, O Menino do Pijama Listrado - By John Boyne. Parece um livro infantil, mas a importância se faz presente quando nas entrelinhas nos passa uma grande mensagem e aprendizado.

Sinopse:

Bruno tem nove anos e não sabe nada sobre o Holocausto e a Solução Final contra os judeus. Também não faz idéia de que seu país está em guerra com boa parte da Europa, e muito menos de que sua família está envolvida no conflito.

Na verdade, Bruno sabe apenas que foi obrigado a abandonar a espaçosa casa em que vivia em Berlim e mudar-se para uma região desolada, onde ele não tem ninguém para brincar nem nada para fazer. Da janela do quarto, Bruno pode ver uma cerca e, para além dela, centenas de pessoas de pijamas, que sempre o deixam com um frio na barriga.

Em uma de suas andanças Bruno conhece Shmuel, um garoto do outro lado da cerca que, curiosamente, nasceu no mesmo dia que ele. Conforme a amizade dos dois se intensifica, Bruno vai aos poucos tentando elucidar o mistério que ronda as atividades de seu pai. "O Menino do Pijama Listrado" é uma fábula sobre amizade em tempos de guerra, e sobre o que acontece quando a inocência é colocada diante de um monstro terrível e inimaginável.

Imperdível!!!

Espero que gostem!

Luz e Paz,

Marilda Jorge

terça-feira, 13 de outubro de 2009

Alerta Geral

Se havia alguma dúvida, agora está se vendo as variações climáticas, estações bagunçadas e uma serie de ocorrências deixando todos preocupados. De mês a mês vem novidades pelo mundo...
Isto já era de se esperar, mas as pessoas ainda não caíram em si e que precisam mudar as atitudes. Verificar como estão se preparando para os próximos meses e anos é essencial. Quando falo em atitudes, falo também no modo de viver, agir e saber se prevenir e ajudar. Sim, ajudar! Com palavras, pensamentos e obras, pois momentos complicados exigem entendimento e capacidade de resolução.

Como está a sua energia espiritual e vitalidade? E no seu dia a dia, você usa a praticidade e simplicidade? Você tem compaixão para com o seu semelhante? Sabe o que isso significa? São perguntas na maioria das vezes incompreendidas, pois existem problemas mais sérios nos nossos dias e explodir fica mais fácil. Será? Você sabe o peso de uma agressão ou o quanto é ineficaz? Cada ser que aceita nestes dias entrar numa polemica desnecessária, onde a vaidade é a arma principal, está perdendo tempo, energia e afastando de si a calma e controle da situação.

O que eu venho hoje reforçar é somente que se mantenham centrados, não entrem na energia de agressividade que age na terra e mantenham o melhor que puderem o equilíbrio. Não é fácil! Todos nós sabemos, mas devemos eliminar, o mais que pudermos, energias sem Luz e Paz que alterem o nosso bem estar saudável. Cada um precisa usar o discernimento dentro do que é capaz e ficar atento, mesmo com as notícias que nos chegam diariamente e não trazem soluções e sim, problemas.

Sei que este tema não interessa e nem gostam de falar, mas desta vez se faz necessário pelo bem maior, seu e de muitos. Ocorrências climáticas estão acontecendo há algum tempo e acreditar no que as notícias dizem sobre o aquecimento global às vezes causa medo e insegurança. Só que neste momento as mudanças são naturais da natureza e, acreditem, a Terra está como um furúnculo que vai expelir o carnegão. As mensagens dela pelo mundo estão bem visíveis, placas tectônicas se mexendo e causando terremotos, furações, chuvas torrenciais e tsunamis, então a prevenção é ser calmo, prático e inteligente.

Unir as pessoas de uma forma iluminada é trabalhar para um bem maior, divulgar este trabalho é crescer merecendo a Proteção Divina. Quando trabalhamos em conjunto e com amor, estamos tendo a compaixão verdadeira que nos ensinam as Milícias Celestes e a maior recompensa será ver de forma diferente a construção de um mundo novo.

Desejo muita Luz e Paz para todos!

Marilda Jorge

segunda-feira, 12 de outubro de 2009

Sessão Saúde e Prevenção

Texto enviado por Gloria Toy, obrigada pela colaboração.

Beba água com estômago vazio.

Hoje é muito popular no Japão beber água imediatamente ao acordar. Além disso, a evidência científica tem demonstrado estes valores. Abaixo divulgamos uma descrição da utilização da água para doenças antigas e modernas, este tratamento com água tem sido muito bem sucedido.

Para a sociedade médica japonesa, uma cura de até 100% para as seguintes doenças:
Dores de cabeça, dores no corpo, problemas cardíacos, artrite, taquicardia, epilepsia, excesso de gordura,
bronquite, asma, tuberculose, meningite, problemas do aparelho urinário e doenças renais, vômitos, gastrite, diarréia, diabetes, hemorróidas, todas as doenças oculares, obstipação, útero, câncer e distúrbios menstruais, doenças de ouvido, nariz e garganta.

Método de tratamento:

1. De manhã e antes de escovar os dentes, beber dois copos de água.
2. Escovar os dentes, mas não comer ou beber nada durante 15 minutos.
3. Após 15 minutos, você pode comer e beber normalmente.
4. Depois do lanche, almoço e jantar não se devem comer ou beber nada durante 2 horas.
5. Pessoas idosas ou doentes que não podem beber dois copos de água, no início podem começar por tomar um copo de água e aumentar gradualmente.
6. O método de tratamento cura os doentes e permite aos outros desfrutarem de uma vida mais saudável.

A lista que se segue apresenta o número de dias de tratamento que requer a cura das principais doenças:

1. Pressão Alta - 30 dias
2. Gastrite - 10 dias
3. Diabetes - 30 dias
4. Obstipação – (O termo obstipação se refere à condição que o ritmo intestinal é irregular e a consistência das fezes é geralmente endurecida e ressecada) -10 dias
5. Câncer - 180 dias
6. Tuberculose - 90 dias
7. Os doentes com artrite devem continuar os tratamentos por apenas três dias na primeira semana e, desde há segunda semana, diariamente. Este método de tratamento não tem efeitos secundários. No entanto, no início do tratamento terá de urinar frequentemente, eliminando as toxinas.

É melhor continuarmos o tratamento mesmo depois da cura, porque este procedimento funciona como uma rotina nas nossas vidas. Beber água é saudável e da energia. Isto faz sentido: o chinês e o japonês bebem líquido quente com as refeições, e não água fria. Talvez tenha chegado o momento de mudar seus hábitos de água fria para água quente, enquanto se come. Nada a perder, tudo a ganhar!

Para quem gosta de beber água fria.

Beber um copo de água fria ou uma bebida fria após a refeição solidifica o alimento gorduroso que você acabou de comer. Isso retarda a digestão. Uma vez que essa 'mistura' reage com o ácido digestivo, ela reparte-se e é absorvida mais rapidamente do que o alimento sólido para o trato gastrintestinal. Isto retarda a digestão, fazendo acumular gordura em nosso organismo e danifica o intestino.
É melhor tomar água morna, ou se tiver dificuldade, pelo menos água natural e boa saúde para todos.

domingo, 11 de outubro de 2009

Dia das Crianças

Vocês sabem como foi inventado o dia das crianças? Não! Então conheça a historinha e como sempre nestas datas, uma grande jogada de marketing.

Em homenagem aos meus pimpolhos, coloco duas mandalinhas de presente.

Segue abaixo a história...
O Dia das Crianças no Brasil foi "inventado" por um político. O deputado federal Galdino do Valle Filho teve a idéia de criar um dia em homenagem às crianças na década de 1920.

Na década de 1920, o deputado federal Galdino do Valle Filho teve a idéia de "criar" o dia das crianças. Os deputados aprovaram e o dia 12 de outubro foi oficializado como Dia da Criança pelo presidente Arthur Bernardes, por meio do decreto nº 4867, de 5 de novembro de 1924.

Mas somente em 1960, quando a Fábrica de Brinquedos Estrela fez uma promoção conjunta com a Johnson & Johnson para lançar a "Semana do Bebê Robusto" e aumentar suas vendas, é que a data passou a ser comemorada. A estratégia deu certo, pois desde então o dia das Crianças é comemorado com muitos presentes!

Logo depois, outras empresas decidiram criar a Semana da Criança, para aumentar as vendas. No ano seguinte, os fabricantes de brinquedos decidiram escolher um único dia para a promoção e fizeram ressurgir o antigo decreto.
A partir daí, o dia 12 de outubro se tornou uma data importante para o setor de brinquedos.

Beijos para vocês e que a nossa criança interior não seja esquecida.

Luz e Paz,

Marilda Jorge

sábado, 10 de outubro de 2009

PROCURA-SE...

Um amigo meu muito querido, me enviou este texto há muito tempo atrás, deixei parado e me esqueci dele. Vendo nos meus achados e perdidos, reli e adorei... segue abaixo para todos.


Procura-se uma alma de criança
que foi vista, pela última vez,
dentro de nós mesmos,
há muitos anos...

Ela pulava, ria e ficava feliz
com seus brinquedos velhos...

Exultava quando ganhava brinquedos novos,
dando vida a latinhas, barbantes,
tampinhas de refrigerantes, bonecas,
soldadinhos de chumbo e figurinhas...

Batia palmas quando ia ao circo,
quando ouvia músicas de roda,
quando seus pais compravam sorvete:
"chikabon, tombon, eskibon"...
tudo danado de bom!

Ela se emocionava ao ouvir histórias
contadas pela mãe, ou quando lia aqueles livrinhos de pano
que a madrinha lhe dava quando ia visitá-la...

Chorava quando arranhavam seus brinquedos:
aquele aparelho de chá cheio de xícaras
com que servia as bonecas,
ou os carrinhos de guindaste, tratores
e furgões.

Fazia beiço quando a professora
a colocava de castigo,
mas era feliz com seus amigos,
sua pureza, sua inocência, sua esperança,
sua enorme vontade de ser uma grande figura humana,
que não somente sonhasse,
mas que realizasse coisas importantes em um futuro
que lhe parecia ainda tão longínquo.

Onde ela está?
Para que lado ela foi?
Quem a vir, que venha nos falar...

Ainda é tempo de fazermos com que ela reviva,
retomando um pouco da alegria de nossa infância
e deixando a alma dar gargalhadas,
pois, afinal,
"ainda que as uvas se transformem em passas,
o coração é sempre uma criança disposta a pular corda".

Para não deixar morrer a criança que todos temos
dentro de nós... deixe-a sair, brincar e sonhar...
Esta é uma das poucas coisas que ainda podemos fazer...

Luz e Paz,

Marilda Jorge

sexta-feira, 9 de outubro de 2009

O Leão e a Hiena

Texto enviado por Geraldo Venâncio, obrigada pela colaboração.

Nos anos 60, havia um desenho animado (esse era o nome que se dava para os atuais cartoons) que retratava dois personagens – Hardy, a hiena, sempre pessimista e Lippy, o leão, um eterno otimista.

Em cada história, Hardy já antevia um desfecho catastrófico para todas as situações em que se envolvia. A hiena repetia o bordão “Oh, vida...! Oh, azar...!”. Era, sem dúvida, o exemplo da pessoa marcada pelo pessimismo.

Você costuma reclamar, resmungar ou entender errado o que os outros dizem? As queixas não são necessariamente negativas. Quando oportunamente utilizadas, podem ser ferramentas poderosas.

Há momentos em que as queixas são tão garantidas, quanto frases para resolver uma situação que não seja do seu gosto.

Todavia, quando você reclama incessantemente, sem tomar as medidas necessárias para resolver uma situação, as queixas não o ajudam em nada. Reclamar para as pessoas que não podem fazer nada para resolver a pendência é perder o seu tempo e o delas.

Se você pensa que é fácil, não é difícil. Se você pensa que é difícil, não é fácil. Ou seja, se você pensa que é fácil, é fácil. Se você pensa que é difícil, é difícil. É do jeito que você pensa que é.

“Oh, vida... não é fácil” é um grito de lamentação de quem está confessando coisas como:

● é difícil ser um vencedor;
● só com muita luta se vence;
● tem muito obstáculo pela frente;
● dá vontade de desistir;
● a vida é uma dureza;
● o mundo é ruim.

Fazer algo para pôr um fim a este tipo de comportamento improdutivo e derrotista pode melhorar bastante a sua vida.

Cada um age à sua maneira. Mas o que diferencia duas pessoas diante do mesmo problema? A diferença está na maneira como vêem a vida. Queixosos e lamurientos verão o problema como mais um daqueles obstáculos intransponíveis e mesmo que façam pequenos esforços para superá-los, guardarão consigo a impressão de que fizeram um estupendo esforço. Os confiantes e serenos, enfrentarão o problema com naturalidade dando-lhe a importância relativa.

Antes de se queixar, verifique se é uma queixa legítima, fundamentada e justa. Se não for, certamente será uma lamúria, fruto de seu descontentamento com o mundo. Neste caso você deve se perguntar: o que devo fazer para resolver esta situação sobre a qual reclamo continuamente?

A resposta a essa pergunta o guiará a transformar tais lamúrias em ações proativas. Não como a hiena Hardy, que se lamenta da desgraça antes que ela aconteça e predispõe-se a receber o pior, abrigando em si a atitude negativa e perdedora.

Desperte o leão, que enxerga tudo de outra maneira:
● sou feliz;
● para mim tudo dá certo;
● o que é ruim dura pouco;
● bom é ver o lado bom da vida;
● sou uma pessoa de sorte.

Uma mente tomada por pensamentos elevados, cria um ambiente propício para o êxito e a vitória.

Alguma queixa?

quinta-feira, 8 de outubro de 2009

Receita esperta do mês

Suco emagrecedor

Pêra e maracujá são duas frutas que favorecem a dieta.
A pêra evita a retenção de líquido e o maracujá (especialmente a casca)
acelera a queima de gordura.

Ingredientes

1 pêra
1 copo (200ml) de leite de soja light
1 colher (sopa) de polpa de maracujá
1 colher (sopa) de farinha feita com casca seca do maracujá (à venda em farmácias e lojas de produtos naturais)
Gotas de limão
Adoçante e gelo a gosto

Modo de preparo

Bata todos os ingredientes no liquidificador. Coe e beba em seguida.

quarta-feira, 7 de outubro de 2009

Café da manhã num restaurante

Texto enviado por Vanessa Garcia Toledo, obrigada pela colaboração.

Esta é uma bela história e é também uma história real. Sou mãe de três crianças (14, 12 e 3 anos) e recentemente terminei a minha faculdade.

A última aula que assisti foi de sociologia....
O professor dava as aulas de uma maneira inspiradora, de uma maneira que eu gostaria que todos os seres humanos também pudessem ser. O último projeto do curso era simplesmente chamado "Sorrir"...

A classe foi orientada a sair e sorrir para três estranhos e documentar suas reações...
Sou uma pessoa bastante amigável e normalmente sorrio para todos e digo oi de qualquer forma. Então, achei que isto seria muito tranquilo para mim...
Após o trabalho ser passado para nós, fui com meu marido e o mais novo de meus filhos numa manhã fria de Março a um restaurante tomar café da manhã. Foi apenas uma maneira de passarmos um tempo agradável com o nosso filho...

Estávamos esperando na fila para sermos atendidos, quando de repente, todos ao nosso redor começaram a ir para trás, e então o meu marido também fez o mesmo... Não me movi um centímetro... Um sentimento arrebatador de pânico tomou conta de mim, e me virei para ver a razão pela qual todos se afastaram...

Quando me virei, senti um cheiro muito forte de uma pessoa que não toma banho há muitos dias, e lá estava na fila dois pobres sem-teto. Quando eu olhei ao pobre coitado, próximo a mim, ele estava "sorrindo"... Seus olhos azuis estavam cheios da Luz de Deus, pois ele estava buscando apenas aceitação... Ele disse, “Bom dia!”, enquanto contava as poucas moedas que ele tinha amealhado... O segundo homem tremia suas mãos, e ficou atrás de seu amigo... Eu percebi que o segundo homem tinha problemas mentais e o senhor de olhos azuis era sua salvação... Eu segurei minhas lágrimas, enquanto estava lá, parada, olhando para os dois...

A jovem mulher no balcão perguntou-os o que eles queriam... Ele disse, "Café já está bom, por favor...", pois era tudo o que eles podiam comprar com as poucas moedas que possuíam... (Se eles quisessem apenas se sentar no restaurante para se esquentar naquela fria manhã de março, deveriam comprar algo. Ele apenas queria se esquentar)...

Então eu realmente sucumbi àquele momento, quase abraçando o pequeno senhor de olhos azuis... Foi aí que notei que todos os olhos no restaurante estavam sobre mim, julgando cada pequena ação minha.... Eu sorri e pedi à moça no balcão que me desse mais duas refeições de café da manhã em uma bandeja separada...

Então, olhei em volta e vi a mesa em que os dois homens se sentaram para descansar... Coloquei a bandeja na mesa e coloquei minha mão sobre a mão do senhor de olhos azuis... Ele olhou para mim, com lágrimas nos olhos e me disse, "Obrigado!!"

Comecei a chorar enquanto me afastava deles para sentar com meu marido e meu filho... Quando eu me sentei, meu marido sorriu para mim e me disse, "Esta é a razão pela qual Deus me deu você, querida, para que eu pudesse ter esperança!!"...

Retornei à aula na faculdade, na última noite de aula, com esta história em minhas mãos. Eu entreguei "meu projeto" ao professor e ele o leu... E então, ele me perguntou: "Posso dividir isto com a classe?" Eu consenti enquanto ele chamava a atenção da classe para o assunto...

Ele começou a ler o projeto para a classe e aí percebi que como seres humanos e como partes de Deus nós dividimos esta necessidade de curarmos pessoas e de sermos curados...

Do meu jeito, eu consegui tocar algumas pessoas no restaurante, meu filho e o professor, e cada alma que dividia a classe comigo na última noite que passei como estudante universitária...

Eu me graduei com uma das maiores lições que certamente aprenderei:
ACEITAÇÃO INCONDICIONAL DE AMAR AS PESSOAS E SOMENTE USAR AS COISAS, JAMAIS AO CONTRÁRIO.

terça-feira, 6 de outubro de 2009

TERAPIA DO ELOGIO

(Arthur Nogueira / Psicólogo)

Texto enviado por Maria José Queiroz de Cordeiro, obrigada pela colaboração.

Renomados terapeutas que trabalham com famílias, divulgaram uma recente pesquisa onde nota-se que os membros das famílias brasileiras estão cada vez mais frios, não existe mais carinho, não valorizam mais as qualidades, só se ouvem críticas.

As pessoas estão cada vez mais intolerantes e se desgastam valorizando os defeitos dos outros. Por isso, os relacionamentos de hoje não duram.

A ausência de elogio está cada vez mais presente nas famílias de média e alta renda. Não vemos mais homens elogiando suas mulheres ou vice-versa, não vemos chefes elogiando o trabalho de seus subordinados, não vemos mais pais e filhos se elogiando, amigos, etc.

Só vemos pessoas fúteis valorizando artistas, cantores, pessoas que usam a imagem para ganhar dinheiro e que, por conseqüência são pessoas que tem a obrigação de cuidar do corpo, do rosto. Essa ausência de elogio tem afetado muito as famílias.

A falta de diálogo em seus lares, o excesso de orgulho impede que as pessoas digam o que sentem e levam essa carência para dentro dos consultórios. Acabam com seus casamentos e também acaba procurando em outras pessoas o que não conseguem dentro de casa. Vamos começar a valorizar nossas famílias, amigos, alunos, subordinados.

Vamos elogiar o bom profissional, a boa atitude, a ética, a beleza de nossos parceiros ou nossas parceiras, o comportamento de nossos filhos. Vamos observar o que as pessoas gostam.

O bom profissional gosta de ser reconhecido! Os bons filhos gostam de serem reconhecidos, assim como os bons pais! Os bons amigos, a boa dona de casa, a mulher que se cuida, o homem que se cuida, enfim vivemos numa sociedade em que um precisa do outro, é impossível um homem viver sozinho, e os elogios são a motivação na vida de qualquer pessoa. Quantas pessoas você poderá fazer feliz hoje elogiando de alguma forma?

Pense nisso e comece já!

segunda-feira, 5 de outubro de 2009

Sessão Saúde e Prevenção

Texto enviado por Joemir Rosa, obrigada pela colaboração.

Hipertensão Arterial Não Se Cura, Se Controla!
De Quintiliano H. de Mesquita, Cardiologista

Na década de 40 não se contava com uma terapêutica capaz de controlar a hipertensão arterial. O único recurso era a imposição da “dieta sem sal” que poucos aceitavam e por isso mesmo muitos pagaram elevado tributo, ao sofrerem graves processos hemorrágicos cerebrais seguidos de morte ou de paralisias incapacitantes; evolução para grandes aumentos do coração, insuficiência cardíaca e enfarte do miocárdio.

Naquela época, autores estrangeiros recomendaram a “dieta do arroz” que, em verdade, se baseava na “dieta sem sal”. Curiosamente, os médicos de então embarcaram naquela canoa. Particularmente, quando argüidos sobre nossa experiência com tal dieta, respondíamos sempre de maneira jocosa de que havíamos adotado uma manobra melhor: temos recomendado aos nossos hipertensos a naturalização chinesa e a observância da “dieta sem sal”.

Foi uma época de grandes acidentes clínicos e até os cirurgiões aproveitaram e entraram também com suas técnicas de extirpação extensa de cadeias ganglionares simpáticas paravertebrais que não levaram a nada de concreto; uma vez que tinham efeitos transitórios sem atingirem a causa específica. Apesar de muito jovem não contribuímos com nossos hipertensos para tais tentativas, tendo aquela cirurgia merecido nossa formal condenação logo no seu aparecimento.

Essa época durou pouco, pois logo começaram a surgir e em escala crescente os medicamentos úteis que atuavam benéfica e eficazmente no controle da hipertensão. Hoje em dia, contamos com rico arsenal terapêutico que proporciona a utilização de esquemas simples ou complexos, segundo a exigência e o comportamento de cada caso.

A “dieta sem sal” foi substituída por uma dieta mais liberal, em que se passou apenas ao controle da quantidade de sal, evitando-se o hábito do saleiro na mesa que aumenta o prazer de alguns, mas agrava o estado dos hipertensos.

O portador de hipertensão arterial que na maioria das vezes é completamente assintomático, deve submeter-se à terapêutica específica permanentemente e ajustada sempre de acordo com suas próprias exigências e necessidades, tendo sempre presente que, nos dias de hoje, eles têm um tratamento com respostas bem definidas.

Observam-se reduções do tamanho do coração daqueles que se apresentam com considerável hipertrofia do ventrículo esquerdo; bem como maior proteção contra os riscos de acidentes hemorrágicos cerebrais, insuficiência cardíaca, enfarte miocárdico e morte súbita.

Como conseqüência dos grandes progressos terapêuticos, os hipertensos passaram a gozar de vida mais segura e prolongada sobrevida com níveis pressóricos dentro da normalidade, desde que mantidos sob medicação continuada.

A hipertensão arterial ao longo do tempo e segundo a capacidade de resistência de cada um, compromete mecanicamente por ação direta o coração, os vasos arteriais dos rins, cérebro e do fundo dos olhos, causando efeitos bem evidentes e graves.

É importante que o médico transmita a seu paciente hipertenso, informações sobre a sua doença e da necessidade absoluta de submeter-se decididamente às prescrições e cuidados que constituem o controle constante e seguro de seus níveis pressóricos; induzindo-o à convicção de que a hipertensão arterial não se cura, se controla!

Além disso, deve ter sempre presente que a pressão arterial acompanha a cabeça em suas reações na vida diária; em bom nível, durante os momentos de calma, tranqüilidade e descanso; e, imediatamente, exaltada ou elevada nos momentos de tensão, sobrecargas físicas e psico-emocionais.

domingo, 4 de outubro de 2009

Pensamento do dia

Das esferas angélicas, vos envio meu fluxo de amor para que a Compreensão, a Graça e a Consciência Cósmica impregnem sua vida em toda sua plenitude, harmonia e beleza.

Luz e Paz,

Marilda Jorge

sábado, 3 de outubro de 2009

A QUEM POSSA INTERESSAR, É DE UTILIDADE PÚBLICA!

Texto enviado por Joemir Rosa, obrigada pela colaboração.

ATENÇÃO ESTA CAMPANHA É MUITO IMPORTANTE PARA SUA SEGURANÇA E DE SEUS FAMLIARES.

Dêem uma pausa e reflitam sobre a verdade do que está escrito abaixo.

O ORKUT apareceu como uma forma de contatar amigos, saber notícias de quem está distante e mandar recados.

Hoje está sendo utilizado com o propósito de, creio ser o seu maior trunfo, obter informações sobre uma classe privilegiada da população brasileira.

Por que será que só no Brasil teve a repercussão que teve?

Outras culturas hesitam em participar sua vida e dados de intimidade, de forma tão irresponsável e leviana...

Por acaso você já recebeu um telefonema que informava que seus filhos estavam sendo seqüestrados?

Sua mãe idosa já foi seguida por uma quadrilha de malandros?

Já te abordaram num barzinho, dizendo que te conhecia faz tempo?

Já foi a festas armadas para reencontrar os amigos de 30 anos atrás e não viu ninguém?

Pois é.. Ta tudo lá.

No ORKUT.

Com cinco minutos de navegação eu sei que quantos filhos você tem, ou se não tem, se tem namorado/a, sei que estuda no colégio tal, ou que trabalha em tal lugar, sei que freqüenta tais cinemas, tais bares, tais festas... sei nome de familiares, sei nome de amigos; sei... sei... e sei!

E o melhor de tudo, com uma foto na mão!
Identifico seu rosto em meio a multidões, na porta do seu trabalho, no meio da rua. Afinal, já sei onde você está. É só ler os seus recadinhos.

Faço um pedido:

Quem quiser se expor assim, faça-o de forma consciente e depois não lamente, nem se desespere, caso seja vítima de uma armação.

Mas poupe seus filhos, poupe sua vida Íntima.

O bandido te ligou pra te extorquir dinheiro também porque você deixou...

A foto dos meninos estava lá... Teu local de trabalho tava lá.

A foto do hotel 5 estrelas na praia tava lá.

A foto da moto que está na garagem estava lá.

Realmente somos um povo muito inocente e deslumbrado.

Por enquanto, temos ouvido falar de ameaças a crianças e idosos.

Até que um dia a ameaça será fato real. Tarde demais.

Se você me entendeu, ótimo!

Reveja sua participação no ORKUT, ou ao menos suprima as fotos e imagens de seus filhos menores e parentes que não merecem passar por situações de risco que você os coloca.

Oriente seus filhos a esse respeito, pois colocam dados deles e da família sem pensar em consequências, fazem isso pelo desejo de participar, mas não sabem ou não pensam no perigo de se dar dados pessoais e da família para que qualquer pessoa veja.

Se achar que não tenho razão, deve se achar invulnerável.

Informo que pessoas muito próximas a mim e queridas já passaram por dramas gratuitos, sem perceber que tinham sido vítimas da própria imprudência.

A falta de malícia para a vida nos induz a correr riscos desnecessários... Não só de Orkut vive a maioria dos internautas...
Temos uma infinidade de portas abertas e que por um descuido colocamos uma informação que pode nos prejudicar. Disponibilizar informações a nosso respeito pode se tornar perigoso ou desagradável. Portanto, cuidado ao colocar certas informações na Internet. Não conhecemos a pessoa ou as pessoas que estão do outro lado da rede. O papo pode ser muito bom, legal.

sexta-feira, 2 de outubro de 2009

Dicas inteligentes

Você usa muita farinha? A sua está criando bichinhos?
Para conservar a farinha: Coloque uma folha de louro no recipiente onde é guardada e principalmente não guarde a que esta usando no mesmo pacote.

Você esta querendo jogar seus panos de prato fora? Eles estão encardidos?
Para limpar e clarear: Ferva bem todos os panos de prato e para alvejar, coloque junto uma casca de ovo cru triturada, depois é só lavar normal e deixar secar. Isto serve também para roupa encardida!

Você quer desinfetar sua boca? As escovas de dente? A sua roupa lavada na máquina? Quer desinfetar seu banheiro ou sua cozinha? Quer evitar contágios?
Para desinfetar e sarar: Use água oxigenada em tudo. É uma solução barata e de assepsia incrível. Algumas gotas na boca desinfetam e matam os germes, além de clarear os dentes. No restante, use meio copo água oxigenada num litro de água.

Espero que aproveitem as dicas!

Luz e Paz,

Marilda Jorge

quinta-feira, 1 de outubro de 2009

TAO TE CHING

Texto enviado por Munir Zugaib, obrigada pela colaboração.

FAÇA UM PLANO DE AÇÃO.
PODEMOS AGIR COM SUCESSO EM TODAS AS SITUAÇÕES.
COMO SE TORNAR UMA PESSOA TAO:

LAO TSÉ escreveu o TAO há cerca de vinte e cinco séculos como um Guia Para Líderes.

As pessoas TAO evoluem naturalmente para se transformar em líderes responsáveis.

Entre numa nova era de sua vida e acredite que cada dia é um novo começo.

A pessoa TAO vive plenamente em todos os momentos.

O TAO TE CHING enfatiza a relação vital entre paz interior e exterior.

O TAO é um caminho para vida inteira, e ensina que a vida é um processo.

As pessoas sábias procuram soluções; os ignorantes apenas atribuem culpas.

A pessoa TAO sabe quando deve falar, escutar, agir ou esperar.

O TAO nos mostra como ver o oculto das aparências.

O TAO nos ensina a fazer a escolha mais sábia.

Quando o fim é alcançado, inicia-se o começo.


PODEMOS ALIMENTAR A PODEROSA ENERGIA DO TAO.
AQUELES QUE ESTUDAM SEU PODER SERÃO PODEROSOS.

(Diane Dreher, Ph.D. - "O Tao Da Paz")
Site Meter