Seguidores

terça-feira, 31 de agosto de 2010

AS CORES EM NOSSA CASA

Respondendo E-mails.

O mesmo acontece em nossa casa, nem sempre usamos a cromoterapia correta e ai, podemos utilizar tintas favoráveis, quadros, esculturas, flores e plantas. As mandalas de cura ambiental ajudam e muito. Os antigos sempre usaram o poder mágico das cores.
Isso é que chamamos Feng Shui.

As paredes da antiga capital chinesa, Pequim, eram pintadas de vermelho, os telhados de amarelo e representavam o Bem e os Bons Espíritos.

O interior dos templos egípcios... tinham os tetos pintados de azul, para representar o céu, e o verde, usado no chão, representavam as margens do rio Nilo. A maçonaria pintam suas lojas maçônicas desta forma.

Os gregos usavam determinados tons para intensificar a forma e o contorno, o azul e suas nuances eram usados para realçar as sombras.

Nas ilhas gregas, portas e janelas, ainda hoje, são pintadas de azul e azul-turquesa, para intensificar a integração entre o céu e o mar Mediterrâneo. Fora as grandes jardineiras nas janelas colorindo tudo e deixando a paisagem maravilhosa.

As cores que escolhemos para nossa casa, falam um pouco da nossa vivencia e gostos...

Hoje, nos pequenos “apertamentos”... rsos... as vezes onde só chegam para dormir e não dá tempo de se preocupar com o aconchego... pois são alugados e não desejam gastar...
Então vamos dar algumas sugestões e soluções bem simples, que se pode usar para colorir o ambiente e deixar tudo muito parecido com você sendo alugado ou próprio.

Cortinas coloridas, flores, plantas, velas, frutas e pequenos quadros. Tudo isso distribuído para relaxar, dar prazer e aconchegar. Acredite... o local muda, dá alegria e você se beneficia sempre!

As cores nas paredes mostram muito da nossa personalidade, mas nem sempre podemos usar em locais muito pequenos, então aprenda a usar nuances, clareie todos os tons.

O amarelo mostra a personalidade ativa e de mente aberta, um escritório dinâmico deseja tons e nuances em suas paredes desta cor e ela poderá ser usada até numa pequena parede na frente de uma mesa de trabalho, na frente do seu computador. Crianças se beneficiam com o amarelo suave no local de estudo e pessoas depressivas idem.

As pessoas que amam o cor de rosa, são afetivas e calorosas, alem de se preocuparem com o próximo. Cor de rosa, sempre ajuda! Ele é calmo, suave e puxado para o salmão é uma das cores mais tranquilas para enfeitar sua parede na frente da cama, principalmente se o seu trabalho for estressante. Quartos de criança pintados desta cor trazem paz, aconchego, sono tranquilo e crianças mais amorosas.

O azul em todas as suas nuances é ótimo para relaxamento e é uma cor muito usada nos espaços terapêuticos, quartos e salas de descanso. O azul é uma cor suave, que produz calma, tranqüilidade, ternura, afetuosidade, paz e segurança. Ela favorece as atividades intelectuais e a meditação. É uma cor passiva, concêntrica, perceptiva, sensível, incorporativa e unificadora. Um teto pintado de azul claro, onde as nuvens dançam é o melhor relaxante que tem!

Devemos evitar o excesso de azul em aposentos de pessoas depressivas, elas precisam de cores mais vitais, tais como salmão, rosa e pêssego.

Os tons de verde são curadores todos, tanto que os hospitais costumavam pintar as paredes de verde-claro. Hoje, podemos enfeitar nossa casa com várias tonalidades do verde. Ele pode estar presente nas plantas, nos tapetes, nas cortinas e até num painel grande em uma sala, para acalmar e elevar a auto-estima. Podemos misturar as cores rosa ou salmão, com detalhes em verde numa sala de estar. Estas cores formam um ambiente relaxante e transmitem paz.

Salas de jantar pedem cores quentes, lembrando nossa alimentação, mas não exagerem... pois tudo deve ser pintado para agradar e jamais agredir. Se o local de alimentação estiver junto com a cozinha, use cores como: vermelho, damasco, laranja e pêssego. O colorido chama alegria e participação de todos, trás união e a alegria para o local. Sem exageros, pois poderá irritar.

As entradas da casa e corredores devem ser alegres e quentes, evitem cores mortas. Se o seu é branco, acrescente as paredes, fotos, quadros, pôsters e faça deste canto algo inesquecível.

Chegamos ao seu quarto, onde me pergunta se pode usar turquesa e salmão? Claro que sim! Use o turquesa suave nas paredes e o salmão para lençóis, colchas e almofadas da sua cama, vai ficar lindo. Estas duas cores vão lhe ajudar a relaxar.

Outra pergunta interessante: Os quadros decorativos e plantas nos banheiros e lavabos...
Banheiros grandes ou pequenos precisam de cores, mas estas estarão nos ladrilhos e piso, pois eles são mais higiênicos e laváveis. A louça branca ou de cores suaves são indicadas. Para colorir use velas, flores, toalhas, tapetes e até quadros que sejam gozados ou decorativos. O banheiro é seu e você vai curti-lo de montão!

Lavabos são diferentes e podem ser pintados de cores quentes ou ter ladrilhos poderosos. Quadros e plantas são sempre bem vindos, pois trazem calor e diversão para qualquer ambiente. Os seus visitantes vão adorar!

Se o seu lavabo não recebe luz natural e é pequeno, use branco e o enfeite com pequenos mimos coloridos, pois lugares muito pequenos ficam sufocantes com cores fortes.

A cromoterapia de uma casa é como nossa alimentação, mude as cores da sua alimentação e a faça colorida e seja feliz. Use tudo dentro do seu lar, com aquela alquimia do amor por você mesma. Sua casa ficará linda e você se sentira ótima como todos ao seu redor.

Luz e Paz,

Marilda Jorge

segunda-feira, 30 de agosto de 2010

Chakra da Coroa

7) SAHASRARA CHAKRA- O nome sahasrara significa, em sânscrito, o lótus das mil pétalas. Esse chakra, que possui a cor violeta, situa-se no alto da cabeça. Corresponde ao plexo cerebral e está ligado à glândula (epífise), que é responsável pela produção de melatonina (substância que regula o sono e outros ritmos biológicos). Este lótus aparece circundado por mil pétalas, o que significa que para ele convergem mil nadis (dutos de energia), e não possui nenhum bija mantra (som) relacionado. Sua função é a espiritualidade e a iluminação. Não possui elemento relacionado e rege o cérebro. Este chakra só é ativado quando a energia ígnea conhecida como kundaline chega até ele, após ter atravessado e ativado os outros seis chakras, fazendo com a pessoa atinja o nirvana (iluminação e libertação). Seu nome popular é chakra da coroa ou chakra coronário. Esse chakra controla o nosso corpo búdico, diretamente relacionado com a nossa Divindade Interior, o nosso Eu Superior.

O quadro acima faz parte da coleção dos sete chakras, que pode ser visualizada junto com outras obras da artista em seu site. Clique aqui para acessar.

domingo, 29 de agosto de 2010

Chakra Frontal

6) AJNA CHAKRA- O nome ajna significa, em sânscrito, o chakra do comando. Esse chakra, que possui a cor anil (azul escuro), situa-se no intercílio, que é a região localizada entre as sobrancelhas (este é o famoso “terceiro olho”, que os hindus destacam através do uso de jóias ou tatuagens no meio da testa). Corresponde ao plexo cavernoso e está ligado à glândula pituitária (hipófise), que é responsável pela segregação da endorfina (hormônio tranqüilizante que causa uma agradável sensação de bem estar). Este lótus aparece circundado por duas pétalas e o bija mantra (som) que ativa este centro é OM. Sua função é o conhecimento, a percepção, a intuição e a clarividência. Não possui elemento relacionado e rege os olhos e a memória. Seu nome popular é chakra frontal. Esse chakra controla o nosso corpo causal, diretamente relacionado com as nossas habilidades inatas e com as experiências acumuladas de outras vidas.

O quadro acima faz parte da coleção dos sete chakras, que pode ser visualizada junto com outras obras da artista em seu site. Clique aqui para acessar.

sábado, 28 de agosto de 2010

Chakra Laríngeo

5) VISHUDDHA CHAKRA- O nome significa, em sânscrito, o grande purificador. Esse chakra, que possui a cor azul, situa-se na garganta. Corresponde ao plexo laríngeo e está ligado às glândulas tireóide e paratireóide, que regulam o metabolismo do corpo. Este lótus aparece circundado por dezesseis pétalas e o bija mantra (som) que ativa este centro é HAM.
Sua função é a inspiração, a criatividade e a comunicação. Seu elemento é o éter, também conhecido pelo nome akasha, e rege o pescoço e os ombros. Seu nome popular é chakra laríngeo. Esse chakra controla o nosso corpo mental superior, diretamente relacionado com as aspirações mais elevadas do nosso ser.


O quadro acima faz parte da coleção dos sete chakras, que pode ser visualizada junto com outras obras da artista em seu site. Clique aqui para acessar.

sexta-feira, 27 de agosto de 2010

Chakra Cardíaco

4) ANAHATA CHAKRA- O nome anahata significa, em sânscrito, o som não produzido. Esse chakra, que possui a cor verde, situa-se na região do tórax, entre a quarta e a quinta vértebra. Corresponde ao plexo cardíaco e está ligado ao timo, que é a glândula responsável pelo funcionamento do sistema imunológico. Este lótus aparece circundado por doze pétalas e o bija mantra (som) é YAM. Sua função é o amor. Seu elemento é o ar e rege o pulmão, coração, braços e mãos. Seu nome popular é chakra cardíaco. Esse chakra controla o nosso corpo emocional, diretamente relacionado com o nosso amor incondicional.



O quadro acima faz parte da coleção dos sete chakras, que pode ser visualizada junto com outras obras da artista em seu site. Clique aqui para acessar.

quinta-feira, 26 de agosto de 2010

Chakra do Plexo Solar

3) MANIPURA CHAKRA- O nome manipura significa, em sânscrito, a cidade da jóia. Esse chakra, que possui a cor amarela, situa-se na região lombar, acima do umbigo. Corresponde ao plexo solar e está ligado ao pâncreas. Este lótus aparece circundado por dez pétalas e o bija mantra (som) que ativa este centro é RAM. Sua função é a vontade e o poder. Seu nome popular é chakra do plexo solar. Esse chakra controla o nosso corpo mental inferior, diretamente relacionado com a nossa mente racional.

O quadro acima faz parte da coleção dos sete chakras, que pode ser visualizada junto com outras obras da artista em seu site. Clique aqui para acessar.

quarta-feira, 25 de agosto de 2010

Chakra Umbilical

2) SWADHISTHANA CHAKRA- O nome swadhisthana significa, em sânscrito, o fundamento de si próprio. Esse chakra que possui a cor laranja, situa-se na raiz dos órgãos genitais, quatro dedos abaixo do umbigo. Corresponde ao plexo prostático e está ligado às gônadas (glândulas sexuais). Este lótus aparece circundado por seis pétalas e o bija mantra (som) que ativa este centro é VAM. Sua função é a sexualidade e a criatividade. Seu elemento é a água e rege os rins, sistema reprodutor, sistema circulatório e bexiga. Seu nome popular é chakra umbilical ou chakra sexual. Esse chakra controla o nosso corpo etérico, diretamente relacionado com a parte energética do nosso ser.

O quadro acima faz parte da coleção dos sete chakras, que pode ser visualizada junto com outras obras da artista em seu site. Clique aqui para acessar.

terça-feira, 24 de agosto de 2010

Chakra Básico

1) MULADHARA CHAKRA- O nome muladhara significa, em sânscrito, o suporte da raiz. Esse chakra, que possui a cor vermelha, situa-se na base da coluna vertebral, entre os genitais e o ânus. Corresponde ao plexo sacro, na base da coluna, e está ligado às glândulas supra-renais, que segregam a adrenalina. É nele que está armazenada a energia ígnea conhecida como kundaline, cujo despertar e posterior caminho ascensional através dos chakras leva o ser humano ao estado de iluminação suprema, também conhecido como nirvana (não é à toa que essa região é chamada sacra, que significa sagrada em latim). Este lótus aparece circundado por quatro pétalas e o bija mantra (som) que ativa é LAM. Sua função é a sobrevivência e a ligação com a terra. Seu elemento é a terra e rege as pernas, os pés, os ossos e o intestino grosso. Seu nome popular é chakra da base ou chakra da raiz. Esse chakra controla nosso corpo físico.

O quadro acima faz parte da coleção dos sete chakras, que pode ser visualizada junto com outras obras da artista em seu site. Clique aqui para acessar.

segunda-feira, 23 de agosto de 2010

Os 7 Chakras

A partir de hoje, vamos começar uma explicação sobre os sete chakras principais do ser humano.

Nós possuímos 144 mil chakras, sendo sete os comumente conhecidos. Os chakras são como uma roda com um nódulo central onde as energias de diferentes campos circulam de maneira centrífuga e pulsam de maneira rítmica, de modo que, em seu conjunto, se parecem com uma flor cujas pétalas estão em harmonia constante. Estes centros geradores de energia distribuem energia vital para os nossos corpos sutis e físico.

Os chakras traduzem os efeitos dos campos vibratórios, astrais, mentais, causais, como manifestações biológicas de nosso sistema endócrino. Atua diretamente sobre os órgãos físicos e com impulsos eletromagnéticos sobre as glândulas, fazendo com que estas distribuam hormônios para a manutenção fisiológica do corpo físico.

Os chakras fazem com que as energias sutis interpenetrem na matriz celular de forma correta, por serem transformadores e controladores energéticos responsáveis pela vitalidade do corpo físico em toda a sua complexidade.

A fisiologia do corpo é controlada pelas glândulas endócrinas do nível celular até o sistema nervoso central. Com o funcionamento correto, as glândulas contribuem para restabelecer o eqüilíbrio e a harmonia de determinado sistema fisiológico. Inversamente, se um chakra funciona mal, isso pode criar uma disfunção glandular e a ausência de certos hormônios contribuir para patologias físicas e ou emocionais.

A falha na distribuição energética pode também criar uma fraqueza na zona do corpo correspondente ao chakra, vindo a bloquear a circulação de energia e fazendo com que a disfunção crie um estado de dor, doença e acidentes, por estar a pessoa com o seu campo vibratório baixo.

Cada chakra está associado a uma freqüência vibratória específica, ou seja, as cores dos chakras; cada cor é uma vibração e está ligada à consciência do chakra a que corresponde. Abrimos as consciências dos chakras à medida que vamos evoluindo através das experiências de vida, que servem para ampliar os nossos conhecimentos e aumentar com isso o nossa campo vibratório ou aura.

Sessão Saúde e Prevenção - CROMOTERAPIA

Todos nós sabemos que a cor nos influencia diretamente. Quem não tem uma cor favorita?

Eu trabalho com cores quase todos os dias, pintando e criando ambientes favoráveis para todos. Nem todas as cores são funcionais para certos ambientes e principalmente para todas as pessoas. E mesmo que amemos uma cor, às vezes não devemos usá-la todos os dias. Muitas pessoas que eu conheço, mesmo explicando várias vezes que não devem usar sempre “tal” cor, mesmo assim sempre acabam escolhendo a mesma. Isso principalmente no vestuário e o efeito é negativo, ao contrário do que se espera.

Este fato está ligado à influência da vibração das cores em nosso corpo e em nosso estado de humor. Quando não gostamos de determinada cor, é porque a vibração dela nos incomoda e, talvez, nos faça tomar contato com nosso lado escuro, aquele que não gostamos de mostrar. Normalmente é a cor que mais necessitamos... mas não temos coragem de usar.

A minha visão da cromoterapia é rica e mais sensitiva, pois, se sou holística, trabalho com todos os pedaços do corpo, trabalhando a harmonização e o equilíbrio do ser humano. Começar vendo o uso das cores nos vestuários é imprescindível! Sentir se melhora ou piora... o humor, a vida diária... tudo o que nos rodeia...

Os executivos adoram usar o preto, azul-marinho, enfim, cores sóbrias, mas nem sempre sabem o porque disto... a cor discreta não invade o astral do próximo e se torna uma ausência de cor. Fica sempre no mormaço cromoterápico e costumamos dizer: É a ausência da cor!

Veremos que o uso das cores em pessoas com desequilíbrios físicos e emocionais acelera o seu restabelecimento, o tratamento cromoterápico, auxilia no combate as doenças, fazendo com que o tempo de tratamento seja reduzido. Ninguém está falando em curas miraculosas, nem dispensamos o tratamento médico, só estamos colocando a cromoterapia num patamar, onde ela atua complementando e ajudando os seres humanos a ouvir mais o seu corpo e equilibrá-lo.

No antigo Egito, na Índia e na China, ela sempre foi usada e respeitada.

A aplicação da cor certa para cada cliente vem de estudo e analise particular, pois cada ser humano reage de uma forma diferente com as cores. Expô-lo a uma determinada cor esta embasada neste estudo. Nem sempre os chakras estão prontos para receber a cor certa e precisaremos usar “aquela” corzinha que a pessoa não gosta, para uma mudança de aura e tratamento de choque.

A mandala pessoal é trabalhada para estas mudanças e independe da cor preferida ou não da pessoa. Assim como existem diferentes tons ou nuances nos chakras de cada um. Podemos ensinar os chakras e suas cores, mas devemos respeitar a individualidade e coloração de cada ser humano.

Segue algumas informações sobre as propriedades e contra indicações de algumas cores:
O vermelho - deve ser usado somente em pessoas com baixa vitalidade.
Laranja – Deve ser usada como uma cor alternativa para quem não suporta o vermelho.
Amarelo – Dá memorização, vitalidade e ajuda em trabalhos intelectuais.
Verde – Esta cor é de cura para todos os tipos de pessoas, alem de equilibrar os ambientes.
Azul – É relaxante, mas precisamos dosar, pois para pessoas depressivas elas causam mais depressão.
Índigo – Ajuda a vida espiritual, limpa o ambiente e ajuda a pessoa a se comunicar energeticamente.
Violeta – Bactericida, higienizador pessoal e transmuta ondas negativas da nossa mente.

As cores nos chakras das pessoas, podem se misturar mudar coloração e ser bem diferentes.

Posto isso, nesta semana explicaremos novamente todos os chakras.

Luz e Paz,

Marilda Jorge

domingo, 22 de agosto de 2010

Do livro “Pensamentos do Coração”

Escrito por Louise L. Hay.

Recomendo este livro para melhorar os pensamentos e as ações.
Segue abaixo algumas afirmações citadas no livro:

Sobre críticas...
“Toda vez que faz um julgamento ou uma crítica, está enviando para fora de si algo que voltará a você.”

Sobre perdão...
“Não precisamos saber como perdoar. Tudo o que devemos fazer é estar dispostos a perdoar. O Universo se encarregará do como.”

Ler este livro é analisar cada processo, recomeçar com atitudes novas e soluções inteligentes.

Luz e Paz,

Marilda Jorge

sábado, 21 de agosto de 2010

Dia do Solteiro: Veja as características de cada signo

Colaboração Zastros.

15 de agosto passado foi o Dia do Solteiro. Mas, você já reparou que algumas pessoas se saem melhor nesta situação do que outras? Existem aqueles que parecem gostar de ser solteiros, existem aqueles que parecem nem ligar e ainda têm alguns que sofrem e buscam incessantemente a sua cara metade. Está interessado em alguém? Descubra o signo dele, veja como ele se relaciona com a solteirice!

Áries
Ele gosta de estar solteiro! O ariano é aquele tipo de pessoa que não resiste a uma boa farra e troca qualquer companhia para estar com os seus amigos. Não costuma se apaixonar fácil e gosta de manter relações sem compromisso.

Touro
Quando está solteiro, o taurino prefere investir todo o seu tempo no trabalho. Ele até gosta de estar com os amigos, mas prefere programas mais tranquilos, sem grandes aglomerações de pessoas. A principal tática para a sua conquista é a sensualidade.

Gêmeos
O geminiano adora estar entre amigos para bater um bom papo e se divertir muito. Aliás, por esbanjar simpatia por onde passa, não costuma ter dificuldade de fazer amizade. Ele não sofre com a solteirice, até porque gosta de poder ficar com duas pessoas ao mesmo tempo.

Câncer
Este é um solteiro quase frustrado. O canceriano vive cheio de amor para dar e sonha em encontrar a sua alma gêmea. Quando está sozinho, costuma olhar para todos os cantos em busca de um novo amor. Quando ama, o que não falta é atenção e dedicação.

Leão
Para um leonino, ser solteiro é a chance que ele tem de testar o seu poder de sedução. Ele gosta de chegar a um lugar e ver quantas pessoas se sentiram atraídas por ele. Quando se apaixona, faz demonstrações públicas. A pessoa só não pode brilhar mais do que ele.

Virgem
Estar solteiro é a chance que o virginiano tem de fazer uma escolha minuciosa para ver quem preenche todos os seus quesitos e merece ser levado a sério. Ele até gosta de estar livre, mas vive em busca da metade da sua laranja.

Libra
O libriano gosta de tudo o que é belo e, por isso, aproveita a solteirice para se divertir, conhecer novos lugares, fazer viagens diferentes. Quando ama, quer muita pompa e glamour. Por mais que seja de uma maneira discreta, é disso que ele gosta.

Escorpião
Quando um escorpiano fica sozinho? Ele pode até não assumir uma relação para os amigos e familiares, mas, certamente, acompanhado ele sempre estará. Até porque, ninguém consegue resistir aos encantos deste signo.

Sagitário
Que bom que estou solteiro! Com certeza, o sagitariano costuma repetir esta frase todos os dias da sua solteirice. Ele não abre mão de sua liberdade tão fácil e para conquistá-lo é preciso rebolar, e rebolar muito!

Capricórnio
Por mais que esteja solteiro, o capricorniano sempre fará aquela linha mais séria, quase uma pessoa para casar. Gosta de se apaixonar e investe na relação como se estivesse apostando a sua felicidade.

Aquário
Quando ele está sozinho, está bem. Quando está acompanhado, também. Com o aquariano não tem tempo ruim! Ele sabe aproveitar a vida só ou acompanhado. Mas, se quiser conquistá-lo, nem pense em mudar a sua maneira de ser.

Peixes
Este, certamente, sofre todos os dias da sua vida achando que é o último ser humano da Terra só porque está sozinho. O pisciano precisa de alguém ao seu lado e quando não encontra esta pessoa perde até o rumo.

sexta-feira, 20 de agosto de 2010

Pobre Deus - Os sete pecados Capitais...

Escrito por Danuza Leão.

Texto enviado por Celeste Lisboa, obrigada pela colaboração.

Será que os sete pecados capitais (luxúria, gula, avareza, preguiça, ira, inveja e orgulho) valem?

EXISTEM PALAVRAS que de tanto a gente não ouvir, até esquece que existem; uma delas é "pecado". Mas outro dia passei por um homem na rua distribuindo folhetos, olhei e estava escrito, bem grande: "Os sete pecados capitais". Levei para casa, mas antes de ler, tentei lembrar quais eram eles; fui só até o terceiro, que vexame.

O pecado acontece por atos, palavras ou pensamentos, e o pecador, para ser perdoado, tem que se arrepender sinceramente. Mas será possível que esses sete pecados capitais -a luxúria, a gula, a avareza, a preguiça, a ira, a inveja e o orgulho- continuam valendo?

A luxúria, por exemplo. Os programas de TV, os filmes, a moda, tudo é dirigido para despertar a sensualidade geral, e ai de quem, hoje, não for sexy. E alguém quer ficar fora desse admirável mundo, só porque é pecado? Duvido.

A gula. Não é possível considerar a gula um pecado, e atire a primeira pedra quem não é tentado diariamente por algum prato delicioso. A gastronomia virou moda, mas os gulosos são apontados como pecadores, o que deveria ser considerado um pecado.

A avareza. A economia estimula as pessoas a pensar no futuro e poupar. Mas como é pecado, vamos então gastar tudo, até o último centavo, para não sermos acusados de avarentos, isto é, pecadores. Não, isso não tem nada a ver com a realidade, e pobres dos que não são muito cautelosos com seu dinheiro.

A preguiça; ah, que delícia, a preguiça. Quem não gosta do fim de semana para poder não fazer nada? É uma injustiça dizer que isso é pecado. Se até Deus, depois de criar o mundo, tirou um dia para não fazer nada, vai dizer que nesse dia ele não exerceu o direito à preguiça?

A Ira: É feia, a ira, mas ninguém consegue viver sem sentir um pouco de raiva, pelo menos às vezes. Raivas pequenas, quando alguém pega a vaga do carro que você já considerava sua, raivas maiores, contra as injustiças deste mundo em geral e a nós, em particular. Será que Deus nunca teve raiva?

A inveja. Quando se veem pessoas com a cuca totalmente fresca, dando risada, sem culpa de nada, não dá uma certa inveja? Dizem que existem a inveja boa e a má; não sei muito bem identificar a diferença entre as duas, mas confesso que tenho inveja dos que nunca se preocupam, e fico na dúvida. Será que é verdade, ou é tudo fingimento?

O orgulho. Mas o que é o orgulho mesmo? Se é o sentimento que se tem quando um filho faz uma coisa bacana, confesso que isso me acontece sempre. Aliás, cometo todos os sete pecados todos os dias, sou mesmo uma pecadora, e o pior é que não me arrependo de nenhum deles.

A religião não é o meu forte, e apesar de ter sido educada em colégio de freiras, ter aprendido o catecismo e ficado tantas vezes de castigo, ajoelhada no milho, não sei bem a diferença entre os pecados e os mandamentos da Lei de Deus.

Os mandamentos são coisas mais sérias, vê-se, mas mesmo assim, desobedecidos sem a menor cerimônia.

Não matar - é só abrir o jornal e ver quantos foram mortos na véspera...

Honrar pai e mãe - muitos filhos não só não os honram como até os matam...

Não cometer adultério - sem comentários...

Não desejar a mulher do próximo - também sem comentários...

Não roubar - sem comentário algum.

Não cobiçar as coisas alheias (nem a pulseirinha da amiga).

Não levantar falso testemunho contra seu próximo - mas os dossiês estão aí, cada vez mais frequentes.

Pobre Deus, que não podia imaginar como seria o mundo em 2010.

quinta-feira, 19 de agosto de 2010

Como está o seu estoque de calma?

De Luis Carlos Mazzini

Tenha calma, viu? E bastante! Procure não explodir com ninguém! Mantenha sua vida e seu estado de espírito sob controle! Hoje e sempre, viu? Talvez você esteja precisando, como eu, um pouco mais de calma!

Quando perceber que está pronto para estourar, respire fundo, conte até dez, retire-se do foco da atenção, peça ajuda a alguém ou apenas silencie por alguns instantes para pensar.
Se o motivo do seu surto for uma doença sua, saiba que a intranquilidade traz o pior, viu? Agora se o seu desespero for por causa de uma enfermidade de uma pessoa querida, seu desajuste também não vai conseguir ajudar em nada!

Mas e se a sua agitação for por prejuízos materiais, falta de grana ou coisas do tipo? É bom você admitir que com calma terá mais chance de raciocinar e de ser criativo. A reclamação exacerbada é uma bomba atrasada que forma um novo caso, um novo problema.

É melhor ser calmo o máximo de tempo que puder do que ficar irado por qualquer coisa! A queixa, a lamúria, a reclamação tornam você uma pessoa menos simpática! E o mundo não perdoa os antipáticos! Quanta coisa boa acabei perdendo por deixar de ser simpático e agradável aos outros!

Contrariedades você sempre vai ter! Está na hora de saber administrar melhor, esses momentos mais desafiadores, tá? Ou vai ficar sempre nessa de não aguentar o batente? Deixe de ser fracote, pô! Você tem muito a dar e pode sim aguentar tudo o que vier!

Seja qual for a sua dificuldade, conserve a calma! Vem cá: você conhece alguém que perde a calma facilmente ter sucesso na vida? Mas também nunca esqueça que toda paciência precisa estar alicerçada na fé!

quarta-feira, 18 de agosto de 2010

Olá, Noivas!!!

Noivas de setembro, outubro, novembro e dezembro... este é um presente para vocês!
Como o tempo está curto e vocês não tem um minuto a perder... Vamos dar uma mãozinha para organizar todos os itens... que tal deixar na mão de quem entende e faz tudo por você?
Já que me enviaram e-mails perguntando de assessoria completa e desejando endereços de quem possa organizar tudo... segue abaixo uma ótima dica de quem entende e cuida com carinho deste dia tão importante na sua vida.

Segue fotos, informações e o endereço, é só ligar e se informar. Eu conheço e minha sobrinha fez o casamento com eles. Foi um sucesso!
Boa sorte e um grande dia abençoado!

Luz e Paz,

Marilda Jorge
=============================================

....e o tempo passou....

Com a mudança na rotina das mulheres nos últimos anos, temos cada vez menos tempo para as atividades que são essenciais para nós. Hoje em dia até para organizar o próprio casamento temos que delegar os preparativos para que tudo saia direito.

Antigamente mãe e filha escolhiam tudo calmamente....a gama de fornecedores não era tão extensa e nem a obrigação de superar todas as expectativas era preocupação....a mãe da noiva era a pessoa que decidia... que planejava e recebi todos muito bem...

Elas escolhiam um belo vestido de noiva , daquela costureira que estava há anos na família...os doces eram ricamente confeitados pela avó...com todo carinho. A decoração era contratada na melhor floricultura... que geralmente decorava a casa da noiva ou um salão de clube. Um jantar gostoso era servido com todo requinte e aconchego... e a lista de convidados incluía apenas parentes e amigos mais próximos....

Mas tudo mudou... hoje a noiva trabalha o dia todo e geralmente a mãe da noiva também...elas não tem tempo para correr atrás de tudo....procurar pela verdadeira legião de fornecedores (que surgiram como essenciais em um casamento nos últimos anos), cotar, contratar, checar e garantir que no dia tudo esteja na mais perfeita ordem.

E, mesmo sem tempo, os noivos estão mais exigentes, querem fazer a diferença... querem surpreender seus convidados...e é aí que entra um profissional essencial: a assessora de casamentos.

Sendo meio psicóloga, meio diplomata, a assessora entende o que os noivos querem e transforma o plano em realidade. Seu objetivo é deixar tudo impecável (da igreja à recepção), analisar o que realmente é necessário para que os gastos não extrapolem o previsto, checar todos os serviços contratados para que eles não sejam “enrolados”, verificar as presenças, e alinhar toda a festa.

Mais do que um luxo, como era encarada há alguns anos atrás, hoje ela representa a tranquilidade de ter uma festa bem feita e sem furos.


Gi Millan - Assessoria para Eventos
Tels. 5093.9679/ 9894.1698
www.gimillan.com.br

terça-feira, 17 de agosto de 2010

O que achamos dos poderes dos outros e dos nossos?

Respondendo e-mails e cuidando da saúde mental...

A primeira pergunta desta semana me foi feita por amigos sobre energia e com bastante propriedade: “O poder de alguns se for pensando somente na vaidade e no Ego, tem preço energético?”

Claro que tem! Hoje quando almejamos algo, precisamos tomar cuidado, pois pode o feitiço virar contra o feiticeiro. Durante anos pedimos tudo sem critério e costumo dizer, que estes desejos são desajeitados e inconsequentes.

Está análise está mais do que certa! Na maioria das vezes pedimos errado o que imaginamos como certo e isso é mais comum do que se pensa...

Acho interessante como alguns jamais pensam no dia de amanhã e no famoso retorno do bumerangue. Vamos ver um erro comum de desejo errado: “Eu quero ter poder e ser muito rico (a)”.

Ter poder sobre o que? Em qual setor se quer o poder? A maioria não sabe responder e nem se interessa em analisar, mas deseja de qualquer jeito (o tal poder), mesmo que tudo o que deseja, possa prejudicar todos os seus a sua volta. É o ego (vaidade), falando mais alto! Para quem pensa assim, o poder de “ser” não existe e sim, o de “ter”, coisa bem diferente. O ser lhe dá responsabilidade, o ter somente é produto das vontades e gostos de cada um.

O tempo passa... o poder e dinheiro chegam através dos negócios, de algum cargo importante muito trabalho e com muitas encrencas, onde o individuo não mediu esforços trabalhando duro para chegar aonde chegou. São do esforço diário e é um poder e dinheiro sadios!

E existe aquele que também chegou lá, mas para isso não mediu esforços em passar com um rolo compressor em cima de todos... ele corrompeu mesmo, fez tramóias, usou pessoas, denegriu imagens, destruiu famílias, traiu e se tornou imoral, enfim fez miséria...usou e abusou de tudo e de todos, enriqueceu e agora tem um minúsculo poder... o de comandar os da sua volta... ou que sejam muitos... não importa! Continua o poder minúsculo, pois só existiu Ele ou Ela na fita e os outros... bem são os outros...

Este poder de vaidade acariciada por uma minoria ou maioria... de vontades e palavras obedecidas e é só! Isso não é poder e tem um preço. O preço é cobrado em energias, fisicamente, emocionalmente ou até com a vida. Dura verdade! Na nossa sociedade atual, o poder é ter status e muito dinheiro... fazer o que?!...

Existe também o poder da sedução desenfreada e sexual... este é mais perigoso do que se pensa, pois já fez muita gente escorrer pelo ralo... E o poder que leva aos desmandos dos vícios e destroem os seres???

Quando se deseja o poder precisamos antes saber se temos competência e raciocínio para tê-lo, pois poder nas mãos erradas transforma seres comuns em mentores carrascos ou lideres desajustados.

E o poder da vaidade que muitos têm, onde não admitem que algo ou alguém possa estar certo e ele ou ela, errados? Fecham uma carranca... discutem ou somem... achando que o silencio para todos será um castigo... mal sabem eles... que as pessoas ao seu redor estão adorando as férias mentais de tais criaturas... dos tais vampiros de energia, pois são tendenciosas e discriminatórias estas criaturas... e poucos analisam desta forma e por falta de auto estima se sentem o máximo! O máximo do poder minúsculo...

Agora vamos falar do desejo certo, aquele que “É” um poder verdadeiro e foi comentado na conversa...

Este ser não deseja aos outros, o que não deseja para si mesmo. São seres que desejam o poder, mas vivem em equipe, ensinam e ajudam todos. Tem o poder porque merecem, seja financeiro, o de comando numa empresa, hospital etc... Seu poder vem de muito estudo e trabalho e costumam ser muito simples, mesmo tendo muito, pois são obedientes as leis do Universo.
Tem sabedoria e buscam unir, somar e multiplicar fatos e eventos bons. São líderes natos sem fazerem esforços e buscam soluções sempre amigáveis e com propriedade.
Qual a diferença ai? Enorme, não acham?

Vários exemplos podemos citar através da história, do poder verdadeiro de mulheres e homens, em vários séculos diferentes... Lideres religiosos, estadistas, inventores, grandes músicos, poetas, escritores, artistas plásticos ou de todos os gêneros e graus... pensadores, filósofos, mestres... enfim seres maravilhosos que levantaram bandeiras e deixaram grandes ensinamentos para a humanidade.

E os grandes médicos, pesquisadores e cientistas? Esses usaram o maior poder... a maioria trabalharam para a cura do seu semelhante!

Se tudo isso ainda não convence, veja através da história... quem destruiu, foi destruído e com ele todo o dito poder! Isso com algumas ressalvas...

Hoje, conhecemos pessoas muito humildes e simples, com enorme poder! Elas são donas do amor incondicional, o “Amor de Ágape”, cuidam de si e dos outros, com a mesma boa vontade e equilíbrio e são gratas a tudo e todos.

Saber pedir e conquistar sem prejudicar, é ter poder! O poder da sabedoria onde todos crescem juntos vivenciando uma vida mais rica e não precisam ter, mas ser! O “ser” dá dons e dotes e isso só acontece por merecimento!!!

Luz e Paz,

Marilda Jorge

segunda-feira, 16 de agosto de 2010

Sessão Saúde e Prevenção

Terapias da Felicidade.

Postado por CALDEIRÃO DE NOVIDADES e enviado por Leny do Nascimento, obrigada pela colaboração.

Relaxando, você aprende a ficar sempre bem.
Rogério Balolo (Revista Energia)

Trabalho, estudo, corre-corre, vida agitada. Tudo isso contribui para que o cansaço tome conta do corpo e da mente da grande maioria das pessoas. O detalhe é que muitas delas estão indo em busca de medicinas alternativas, que tem o objetivo de provocar o relaxamento do corpo e da mente, sem afetar a saúde. Assim evitam procurar auxilio médico e o provável tratamento, quase sempre feito através de remédios e calmantes fabricados em laboratórios, que, muitas vezes, trazem em sua composição uma série de efeitos colaterais que podem prejudicar o funcionamento do organismo.

ENERGIA
Segundo médicos especializados, em muitos casos, as terapias tradicionais não conseguem atingir os resultados desejados, já que combatem apenas os efeitos de uma determinada doença. As terapias alternativas, pelo contrário, trabalham em busca da compreensão do homem como um todo. A energia vital, que está presente em cada um de nós, é a responsável pelo sucesso do tratamento, já que é através dela que podem ser encontradas as causas que desencadearam algum tipo de problema.
Conheça um pouco mais sobre alguns dos tratamentos alternativos existentes. Além de muito antigos, eles quase sempre têm bons resultados. Experimente e, com certeza, você irá sentir a diferença.

AROMATERAPIA
É a cura do organismo através do cheiro das plantas. Esse é um dos métodos mais antigos de relaxamento que se conhece. Através da utilização de óleos, essências e perfumes, o homem pode recuperar todas as suas forças vitais e reencontrar o equilíbrio do corpo e da mente. Esse tipo de terapia pode ser feito de diversas maneiras: com compressas embebidas em água, com essências especiais ou inalada. O paciente pode também aplicar óleos perfumados sobre o corpo durante o banho.

CROMOTERAPIA
Estudiosos garantem que as cores são capazes de transmitir diversas emoções ao nosso cérebro. É justamente por causa disso que a Cromoterapia busca o equilíbrio por meio da utilização das cores no nosso dia a dia. Cores como a violeta, por exemplo, podem ajudar você a relaxar e cultivar sua espiritualidade. Já o amarelo faz com que as pessoas coloquem as idéias em ordem. Outra boa dica para aproveitar os benefícios que a Cromoterapia pode oferecer é procurar equilibrar, através das cores da própria roupa, as energias do corpo.

MUSICOTERAPIA
Esta é uma ótima técnica de relaxamento, já que as vibrações musicais seguem direto para o cérebro e depois se dirigem para o corpo todo. Para aliviar a tensão, basta que você permaneça em um local tranqüilo e aconchegante. Coloque numa musica bem suave, de preferência instrumental, e deixe que todos os músculos do seu corpo relaxem completamente. Quando estiver realizando essa terapia, procure mentalizar apenas coisas boas para sua vida, sentindo a musica penetrar em cada parte do corpo. A musicoterapia deve ser praticada apenas alguns minutos por dia.

HIDROTERAPIA
É a cura pela água,, que pode ser fria, morna ou misturada com ervas, frutas e flores. A hidroterapia pode ser utilizada de diversas maneiras. Desde a antiguidade ela já servia para auxiliar no combate a problemas de circulação e muitos outros. Os tratamentos mais comuns são aqueles feitos com compressas de água quente e gelada (colocadas no local afetado) e banhos de imersão. Até mesmo no chuveiro, você pode aproveitar o poder da água. Basta sentir o volume dela no corpo e deixar a mente livre dos problemas do dia a dia.

MEDITAÇÃO
Trata-se apenas da concentração de pensamentos e pode ser feita diariamente. Esse tipo de terapia pode contar ainda com a Musicoterapia, Aromaterapia e até mesmo a Cromoterapia. Em sua casa ou em um lugar bastante calmo, sente-se confortavelmente e tente relaxar todos os músculos do corpo. Inspire o ar pelas narinas e solte pela boca, deixando a respiração bem compassada. A luz e a temperatura devem estar em equilíbrio. O mais importante é deixar de lado todas as tensões, mentalizando sempre um lugar muito belo, com um altíssimo astral. Apenas 15 minutos por dia serão suficientes para que você sinta os resultados positivos.

Agora anote este exercício de relaxamento. Ele é simples e funciona.
Procure uma posição bem confortável e respire calmamente. Depois, perceba cada barulho que se passa a sua volta e tente se concentrar em apenas um deles. Em alguns minutos, você só estará ouvindo o barulho que escolheu. Esse exercício além de proporcionar uma sensação de bem estar, aumenta também o poder de concentração da pessoa. Isso é ótimo na hora de enfrentar situações difíceis.

domingo, 15 de agosto de 2010

A história do leão Will

Will é um leão que viveu 13 anos em uma carreta de circo, sendo violentamente subjugado pelo domador. O primeiro contato com a terra e grama foi no Santuário Rancho dos Gnomos.

Sua história, assim como a de todos os animais com histórico de vida em circo, é revelada quando notamos as marcas de tortura em seu frágil corpo, bem como em resultados de exames clínicos.

Infelizmente, mesmo com todos os cuidados que o Rancho dos Gnomos teve com ele, Will faleceu em 03/08/2010. O laudo da necrópsia realizado na USP mostrou que a provável causa do óbito foi uma hemorragia na região renal, devido a uma fragilidade venosa, supostamente uma veia tumoral, uma vez que o animal tinha uma neoplasia testicular com metástase pulmonar, resultado de uma vida inteira de sofrimento no cativeiro do circo.

Mesmo assim, Will viverá para sempre em nossos corações. Veja abaixo no vídeo a sensação que Will teve ao pisar na grama e na terra pela primeira vez em 13 anos, após uma vida inteira dentro de uma carreta de ferro. Também foi a primeira vez que o animal correu em sua vida.

Luz e Paz,

Marilda Jorge

sábado, 14 de agosto de 2010

Viver como as flores

Texto de autor desconhecido, enviado por Leny Nascimento, obrigada pela colaboração.

-Mestre, como faço para não me aborrecer, com as pessoas? Algumas falam demais, falam de nossa vida, gostam de fazer intriga, fofoca, outras são ignorantes. Algumas são indiferentes. Fico magoado com as que são mentirosas. Sofro com as que caluniam.

- Pois viva como as flores! Advertiu o mestre.

- Como é viver como as flores? Perguntou o discípulo.

- Repare nestas flores, continuou o mestre, apontando lírios que cresciam no jardim. Elas nascem no esterco, entretanto são puras e perfumadas. extraem do adubo malcheiroso tudo que lhes é útil e saudável, mas não permitem que o azedume da terra manche o frescor de suas pétalas.

É justo angustiar-se com as próprias culpas, mas não é sábio permitir que os vícios dos outros o importunem”.

Os defeitos deles são deles e não seus. Se não são seus, não há razão para aborrecimento. Exercite, pois, a virtude de rejeitar todo mal que vem de fora. Isso é viver como as flores.

sexta-feira, 13 de agosto de 2010

Esse envelhecer...

Texto enviado por Celeste Lisboa, obrigada pela colaboração.

Escrito por Andréa Abdala.

Envelhecer explodindo de vida, alimentando-se do prazer.
Envelhecer com os amigos, com os vizinhos, sem importar-se muito com o dogma e a sombra do preconceito.

Envelhecer na santa paz de Deus, com a genética que Ele nos deu, envelhecer com Fé.
Fé, paciência divina, que sustenta o espírito e faz da alma uma menina travessa, sapeca e feliz...
Fé de um guerreiro e de um aprendiz.

Envelhecer com a saliva e o paladar presentes na boca, com as lágrimas banhando os olhos, com a pele bronzeada pelo sol e pela lua, envelhecer com um sorriso largo no rosto afável, envelhecer como o bem que se quis, enxergando-se à frente do nariz.
Envelhecer não é tão doloroso assim.

Para alguns é o fim do mundo, e eu me pergunto:
- O mundo tem fim?
- Envelhecer é ganhar do tempo o tempo exato e lapidado para saber aproveitar, compartilhar, multiplicar todas as belezas e obras do sol nascente.
Por que a sua idade mente?

Envelhecer é fazer da abobrinha o prato do dia e do açúcar a festa de domingo.
Envelhecer é comer pela manhã, exercitar o corpo à tarde e relaxar ao anoitecer.
Envelhecer é trazer no peito a medalha dos filhos, dos netos, dos bisnetos...
Envelhecer é dar o colo confortável, o ombro, o abraço, o beijo apaixonado na face de um mimo querido.

Saber envelhecer é qualquer carinho!
Envelhecer é estar de bem com as árvores, é ver o pássaro colorido, é respeitar o tempo da felicidade, é gostar-se como se gosta dos amigos.
Envelhecer é cantar, dançar, acreditar na sabedoria...
Envelhecer é algo que me anima, possui ritmo e melodia.
É experimentar prazeres e galgar descobertas.
Ah, este envelhecer transformou-se em arte, Van Gogh, Monet, Sinatra.

Envelhecer é dar bombom aos netos, é brindar a tecnologia.
Meu avô, minha avó... Velhos amados, que eu pude ter.
Estar velho, antigo, idoso seja qual for o nome dado, importa muito pouco o rótulo.
Importa muito mais a garantia de vida.

Os hormônios, a atividade física, são recursos que podemos optar sem desmerecê-los.
Amigos, aproveitem, envelheçam sem preconceitos, quero vê-los na casa dos 90 com os nossos 30, 40, 50, 60 etc.

Quero estar onde vocês estiverem, com ou sem rugas, com ou sem cabelos brancos, mas repletos de paz e alegria!

A vida não se aprende nas cartilhas, ela está em nossas mãos!
Envelhecer exige acima de tudo perseverança e muita paixão.

quinta-feira, 12 de agosto de 2010

Uma preocupação para todos

Texto enviado por Daniel Jorge, obrigada pela colaboração.

Escrito por Nicolau Amaral

Em evento promovido recentemente pela Sociedade Brasileira de Geriatria e Gerontologia, em Belo Horizonte, foi divulgado que grande parte das instituições de referência para a saúde dos idosos (com mais de 60 anos) não consegue preencher o seu quadro de profissionais especializados, segundo estudo concluído pelo Ministério da Saúde.

A ausência de profissionais — médicos, enfermeiros e vários técnicos de saúde — acaba limitando a atuação dos centros criados a partir de 2002. Carência esta que tem como principal causa a falta de disciplinas que abordem a questão nos currículos dos futuros médicos e profissionais ligados à medicina.

Hoje, cerca de 14 milhões de idosos dependem do Sistema Único de Saúde e ¼ deles tem sérios problemas ou já estão acamados. Atualmente, 6,6% da população brasileira possui 65 anos ou mais, sendo que este número só tende a crescer com o aumento da expectativa de vida. Essa mesma população deverá alcançar 22,7% daqui a 40 anos, ou seja, em 2050. Segundo o IBGE, 72% dos nossos idosos têm alguma dificuldade para realizar atividade e 15% têm limitações sérias para qualquer tarefa.

Como a instalação e manutenção dos centros para idosos são de responsabilidade dos Estados e municípios, seria bom que todos os prefeitos e governadores se ativessem a essa necessidade, pois o envelhecimento da população é irreversível e brevemente passará a ser o maior problema para as autoridades. A criação física desses espaços voltados aos idosos irá gerar uma grande demanda por profissionais especializados, que somente será suprida se houver, por parte de quem decide nos municípios e Estados, a conscientização da implantação de escolas e cursos públicos voltados aos futuros profissionais que atenderão aquela vasta parcela da população.

O empobrecimento dos aposentados, o aumento da expectativa de vida, a diminuição do tamanho das famílias e a necessidade de todos trabalharem para a própria sobrevivência estão criando uma bomba que o Estado terá de ter como meta desativar no mais curto prazo possível. Seria prudente que as autoridades começassem a pensar nessa nova realidade social e arrumassem soluções urgentes.

quarta-feira, 11 de agosto de 2010

SETE PASSOS PARA SUPERAR O CONTROLE DO EGO SOBRE VOCÊ

Texto enviado por Fernando Leite, obrigada pela colaboração.

Escrito por Wayne W. Dyer


Aqui estão sete sugestões para ajudá-lo a transcender idéias arraigadas sobre a própria importância. Todas estas são concebidas para ajudar a impedi-lo de se identificar falsamente com a auto-importância do ego.


1 – Deixe de ficar ofendido.

O comportamento dos outros não é motivo para ficar retido.

Aquilo que o ofende somente o enfraquece. Se estiver procurando ocasiões para ficar ofendido, você as encontrará a cada oportunidade. Este é o seu ego operando, convencendo-o de que o mundo não deveria ser assim. Mas você pode se tornar um apreciador da vida e se equiparar ao Espírito universal da Criação. Você não pode alcançar o poder da intenção ao ficar ofendido.

De qualquer modo, aja para erradicar os horrores do mundo que emanam da identificação massiva do ego, mas fique em paz. Como “Um Curso em Milagres” nos lembra: “A Paz é de Deus, você que é parte de Deus, não está no lar, exceto em sua paz. O Ser é de Deus, você que é parte de Deus não está no lar, exceto em sua paz”. Ficar ofendido cria a mesma energia destrutiva que o ofendeu em primeiro lugar e leva ao ataque, ao contra-ataque e à guerra.


2 – Libere a sua necessidade de vencer.

O ego adora nos dividir em vencedores e perdedores. A busca da vitória é um meio infalível de evitar o contato consciente com a intenção.

Por quê? Porque em última instância, a vitória é impossível o tempo todo. Alguém lá fora será mais rápido, mais afortunado, mais jovem, mais forte e mais inteligente, e novamente você se sentirá inútil e insignificante. Você não é o seu prêmio ou a sua vitória. Você pode curtir a competição, e se divertir em um mundo onde a vitória é tudo, mas você não tem que estar lá em seus pensamentos.

Não há perdedores em um mundo onde todos compartilham a mesma fonte de energia. Tudo o que você pode dizer em um determinado dia é que você realizou em um determinado nível, em comparação aos níveis de outros neste dia. Mas hoje é outro dia, com outros competidores e novas circunstâncias a considerar. Você está ainda na presença infinita em um corpo que está em outro dia, ou em outra década, mais velho.

Deixe ir a necessidade de vencer, sem concordar que o oposto de vencer é perder. Este é o medo do ego. Se o seu corpo não está atuando de modo a vencer neste dia, ele simplesmente não se importa quando você não está se identificando exclusivamente com o seu ego. Seja o observador,notando e apreciando tudo isto sem precisar ganhar um troféu.

Esteja em paz, e corresponda com a energia da intenção. E, ironicamente, embora você quase não o perceba, mais vitórias se apresentarão em sua vida quando menos as perseguir.


3 – Deixe ir a sua necessidade de estar certo.

O ego é a fonte de muitos conflitos e desavenças, porque ele o empurra na direção de tornar outras pessoas erradas.

Quando você é hostil, está desconectado do poder da intenção. O Espírito Criativo é bondoso, amoroso e receptivo; e livre da raiva, do ressentimento ou da amargura. Liberar a sua necessidade de estar certo em suas discussões e relacionamentos é como dizer ao ego: eu não sou um escravo para você.

Eu quero aceitar a bondade e rejeitar a sua necessidade de estar certo. Realmente, eu oferecerei a esta pessoa uma oportunidade de se sentir melhor, dizendo que ela está certa, e lhe agradecer por me apontar na direção da verdade. Quando você deixa ir a necessidade de estar certo, é capaz de fortalecer a sua conexão com o poder da intenção. Mas tenha em mente que o ego é um combatente determinado.

Eu tenho visto pessoas terminarem relacionamentos maravilhosos, apegando-se a sua necessidade de estar certo, interrompendo-se no meio de um argumento e se questionando: “Eu quero estar certo ou ser feliz?” Quando você escolhe o humor feliz, amoroso e espiritualizado, a sua conexão com a intenção é fortalecida. Estes momentos expandem no final das contas, a sua nova conexão com o poder da intenção.

A Fonte universal começará a colaborar com você, criando a vida que você pretendia viver.

4 – Deixe ir a sua necessidade de ser superior.

A verdadeira nobreza não se refere a ser melhor do que outra pessoa. Trata-se de ser melhor do que você costumava ser. Permaneça focado em seu crescimento, com uma consciência permanente de que ninguém neste planeta é melhor do que outro.

Todos nós emanamos da mesma força de vida criativa.

Todos nós temos uma missão de compreender a nossa essência pretendida. Tudo o que precisamos para cumprir o nosso destino nos está disponível. Nada disto é possível quando você se vê como superior aos outros. É um velho provérbio, mas, entretanto, verdadeiro: Somos todos iguais aos olhos de Deus. Deixe ir a sua necessidade de se sentir superior, vendo a revelação de Deus em todos.

Não avalie os outros com base em sua aparência, em suas conquistas, posses e em outros índices do ego. Quando você projeta sentimentos de superioridade, isto é o que você recebe de volta, levando a ressentimentos, e principalmente, a sentimentos hostis. Estes sentimentos se tornam o veículo que o distancia mais da intenção.

Um Curso em Milagres trata desta necessidade de ser especial e superior. A pessoa que se julga especial sempre faz comparações.


5 – Deixe ir a necessidade de ter mais.

O mantra do ego é mais. Ele nunca está satisfeito.

Não importa quanto você consiga ou adquira, seu ego vai insistir que não há o suficiente. Você se encontrará em um estado perpétuo de esforço para obter, eliminando a possibilidade de nunca chegar. Entretanto, na realidade, você já chegou, e como você optar por usar este momento presente de sua vida, é sua escolha.

Ironicamente, quando você deixa de precisar mais, mais do que você deseja parece chegar a sua vida. Desde que você se desligou da necessidade por isto, você achará mais fácil transmiti-lo aos outros,porque você compreende quão pouco você precisa a fim de ficar satisfeito e em paz.

A Fonte Universal está contente com ela mesma, expandindo-se constantemente e criando nova vida, sem tentar se apegar as suas criações para seus próprios propósitos egoístas.

Ela cria e libera. Quando você libera a necessidade do ego de ter mais, você se unifica a esta Fonte. Você cria, atrai para si e libera, nunca exigindo que mais venha ao seu caminho. Como um apreciador de tudo o que se apresenta, você aprende a poderosa lição de S. Francisco de Assis: “É dando que recebemos.” Ao permitir que a abundância flua para e através de você, você se equipara a sua Fonte e garante que esta energia continue a fluir.

6 – Deixe de se identificar com base em suas realizações.

Este pode ser um conceito difícil se pensar que vocês são as suas realizações. Deus canta todas as músicas, Deus constrói todos os prédios, Deus é a fonte de todas as suas realizações.

Eu posso ouvir o seu ego protestando em voz alta. Entretanto, permaneça atento a esta idéia. Tudo emana da Fonte! Você e esta Fonte são um! Você não é este corpo e as suas realizações. Você é o observador. Observe tudo isto; e seja grato pelas habilidades que
acumulou. Mas dê todo o crédito ao poder da intenção, que lhe trouxe à existência e da qual é uma parte materializada.

Quanto menos precisar assumir o crédito pelos seus empreendimentos e mais conectado permanecer às sete faces da intenção, mais estará livre para realizar, e mais se apresentará para você. Quando você se liga a estas conquistas e acredita que apenas você que está fazendo todas estas coisas, você deixa a paz e a gratidão de sua Fonte.

7 – Deixe ir a sua reputação.

Sua reputação não está localizada em você. Ela reside nas mentes dos outros. Portanto, você não tem nenhum controle sobre tudo isto.

Se falar para 30 pessoas, você terá 30 reputações. Conectar-se à intenção significa ouvir o seu coração e se conduzir baseado naquilo que a sua voz interior lhe diz que é o seu propósito aqui. Se estiver muito preocupado em como será percebido por todos, então você se desliga da intenção e permite que as opiniões dos outros o oriente.

Este é o seu ego operando.

É uma ilusão que se interpõe entre você e o poder da intenção. Não há nada que não possa fazer, a menos que se desconecte da fonte de poder e se torne convencido de que o seu propósito é provar aos outros como você é poderoso e superior, e gaste a sua energia tentando ganhar uma gigantesca reputação entre outros egos.

Permanecer no propósito, desligar-se do resultado, e assumir a responsabilidade pelo que faz, reside em você: seu caráter.

Deixe que a sua reputação seja debatida por outros. Ela nada tem a ver com você. Ou como o título de um livro diz: “O que você pensa de mim, não é da minha conta."

terça-feira, 10 de agosto de 2010

O SR. FORTE!!

Texto enviado por Crystal, obrigada pela colaboração.

Existem pessoas que detestam se abrir com os outros, contar seus problemas. Acham isso totalmente inútil e na maioria das vezes não resolve nada mesmo ...só cria mais um problema: a preocupação da outra pessoa. Se estão doentes, chateadas...etc, ninguém nunca sabe.....são verdadeiros atores! É o chamado Sr. Forte.

Mas um dia....o Sr. Forte tenta assumir uma nova postura...se abrir mais, dividir os problemas...ser mais transparente, inclusive na parte de saúde...tenta se dar o direito de ser mais frágil...na esperança não se sabe bem de que ...

E ele não gosta do que vê... percebe que não é o que as pessoas esperam de dele....afinal ele é a pessoa que resolve, o cara que tá sempre bem... dando força para todo mundo (quase uma profissão), pois tem muitas pessoas a sua volta que esperam isso ....e , de certa forma, dependem daquela estrutura sólida para continuar caminhando....

E ele também se assusta com os resultados....as pessoas nitidamente não gostam do que está acontecendo, se irritam...ele se percebe o cara chato...(igual a todos os outros que ele pacientemente escutou a vida toda...). E ai... vem o pensamento da maioria... Afinal se ele ficou doente... a culpa é dele...que com certeza não se cuidou . Se ele ficou irritado com os problemas... a culpa é dele que não sabe resolver. Se ele ficou desanimado... a culpa é dele que não sabe se equilibrar.

Ele acaba comprovando sua tese de anos e anos... ninguém quer ouvir problemas (a não ser os psicólogos que ganham para isso!!), o ser humano é na sua essência um egoísta (isso já está mudando nos últimos tempos, mas ainda temos muito que aprender nesse sentido...), e adora quando tudo vai bem... quando vai mal... sai todo mundo correndo!!!!

E olhando esse quadro ele chega a uma conclusão....existem pessoas que são frágeis de natureza e todo mundo entende (estão sempre mal... mas tudo bem...)... e existe o cara forte ...que leva sua vida sem incomodar os outros (mas está sempre disposto a ouvir...)
E hoje ele tem certeza que realmente ele prefere ser assim FORTE... pois a fraqueza leva ao medo, a dúvida....você se engessa e ainda incomoda as pessoas a sua volta.

E o resumo que eu tiro dessa história é que devemos ter um equilíbrio... nem Sr. Forte nem "Sr. Deprê"... se você achar que o outro pode te dar uma ajuda... solicite... mas se você sabe que vai causar uma reação em cadeia (todo mundo preocupado sem ter o que fazer...)... não fala nada deixa pra lá...as vezes realmente é melhor... faça de tudo para se "auto resolver"... alguns problemas estão dentro de nós e realmente ninguém pode ajudar...outros não, as vezes só com uma conversa amiga já ficam mais amenos... a ideia é ser feliz!!!!!

Li uma vez... não lembro aonde, que o problema tem o tamanho do que queremos dar a ele... tomara né? Vou deixar os meus do tamanho de pulgas, hshshshs...

segunda-feira, 9 de agosto de 2010

Sessão Saúde e Prevenção

Dermatite de Contato-descrição e tratamento
O QUE É?

A Dermatite de Contato é uma doença bastante comum, afetando a pele de muitas pessoas, causando não só aquela coceira indesejável como provocando problemas estéticos, que muitas vezes deixam as pessoas envergonhadas, principalmente quando o problema é em locais visíveis. Em certos casos, a dermatite de contato pode até mesmo prejudicar certas profissões, como acontecem para as pessoas que lavam roupas manualmente, ou até mesmo pintores, que estão frequentemente em contato com tintas e solventes. Como o nome já diz, a dermatite de contato é uma inflamação da pele, causada por uma substância que entra em contato com o corpo. É interessante notar que existem dois tipos de dermatite de contato. Um deles é causado por substâncias que irritam a pele, por isso chamados irritantes. Neste grupo, a pessoa não precisa ser alérgica para desenvolver a doença, pois o mecanismo de formação da doença não envolve uma reação imunológica, como acontece nas dermatites de contato alérgicas. Nestas, o individuo só começa a apresentar os sintomas de dermatite se ele for sensível àquele determinado alérgeno. Na verdade, os sintomas das duas dermatites são semelhantes e fica difícil muitas vezes diferenciar uma da outra.

Tipos de Dermatite de Contato:
• Causada por Irritantes
• Causada por Alergias

DERMATITE POR IRRITANTES
Existem vários produtos normalmente utilizados que podem provocar essa inflamação na pele. Como foi citado, qualquer pessoa pode ter dermatite, basta que ela entre em contato com um dos agentes irritantes que irão desenvolver a doença. Dos irritantes, os mais comuns são os sabões e detergentes. Eles normalmente eliminam a camada de óleo que temos na nossa pele que ajuda a nos proteger contra doenças. Com isso,a pele fica mais sensível, provocando coceira e irritação. Muitas vezes, o próprio resíduo de sabão que fica na pele após nos lavarmos pode provocar a irritação encontrada na dermatite. Também o álcool, tintas e solventes são agentes irritantes para a pele, provocando a dermatite. Além deles, podemos citar os produtos de limpeza como cândida e outros como irritantes da pele. Mesmo o plástico e alguns metais podem provocar a dermatite de contato. Como sempre, a doença pode acometer algumas pessoas e não outras. Isso acontece devido ao fato de cada um tem um tipo de pele diferente do outro. Os locais mais afetados são aqueles em que a camada de pele é mais fina, como nas pálpebras, genitais e no rosto. Também as regiões mais úmidas do corpo são mais susceptíveis à dermatite de contato, pois a umidade aumenta a irritação da pele. é bom lembrar que peles muito secas também se irritam facilmente.

SINTOMAS
Os sintomas e sinais variam conforme a potência do irritante e o tempo em que a pele ficou em contato com ele. Se o agente irritante for muito forte, os sintomas podem aparecer logo após o contato. Já nos casos mais leves, a irritação só surge com o tempo, principalmente com o uso repetido dos produtos irritantes. O que se nota normalmente são lesões secas e descamativas, principalmente nas mãos e braços. Nas lesões mais graves notam-se bolhas, intensa vermelhidão, rachaduras na pele ou mesmo úlceras, dependendo do caso. Além disso, a pessoa se queixa de coceira, às vezes queimação, ou até mesmo dor nos locais afetados.

DIAGNÓSTICO
Em geral, o doente nota que apareceu a irritação logo após o uso de determinado irritante. Mas nem sempre é possível saber o que é que está causando a dermatite, principalmente se existem vários irritantes em questão ou se o problema já vem ocorrendo há algum tempo. O melhor jeito de saber nesses casos é colocar uma pequena quantidade de cada irritante em contato com a pele e notar qual é o que provoca a reação.

TRATAMENTO
A melhor forma de contornar esse problema é detectar qual é o agente que está provocando a irritação e evitar entrar em contato com ele. Se não é possivel evitar o contato em si, usar algum tipo de proteção, como o uso de luvas quando lavar roupas, louças ou na limpeza da casa. As melhores luvas são as de vinil, em relação às de latex, pois causam menos alergia. Se for o caso, coloque uma luva de algodão puro em baixo da de vinil, pois a luva de algodão ajuda a absorver o suor das mãos, evitando que cause irritação. Para aqueles que tem a pele muito seca, é bom usar sempre um creme hidratante para evitar que a pele se irrite. Outro fator importante é evitar lavar as mãos com água muito quente, pois irrita mais a pele. Utilize-se das máquinas como as de lavar roupa e de lavar pratos, se possível. Procure produtos de limpeza e sabões que sejam mais delicados para a pele. Para o rosto, mãos ou mesmo para tomar banho, prefira os sabonetes neutros ou aqueles para pele sensível. Quando possível, compre produtos que não contenham perfume, pois causam menos problema para a pele. Quando houver necessidade, o médico poderá prescrever um creme a base de corticoide para solucionar o problema.

DERMATITE POR ALERGIAS
As dermatites de contato alérgicas são muitos semelhantes às dermatites por irritantes no aspecto externo, porém a grande diferença é na maneira com que a doença se desenvolve. No caso das alergias, as lesões na pele só irão aparecer naquelas pessoas que são alérgicas a determinados agentes, os chamados alérgenos. Para que haja a reação alérgica, a pessoa primeiro entra em contato com a substância alérgena e se torna sensível àquele agente. O corpo então registra aquele agente como um agressor e, se a pessoa entrar em contato novamente com ele, começará a reação alérgica. Portanto, a dermatite só aparece depois de algum tempo. às vezes, são necessárias várias exposições para que a pessoa se torne sensível. Quanto maior for a sensibilidade e quanto mais tempo a pessoa tiver contato com o agente agressor, maior será a reação alérgica. Várias substâncias podem desenvolver alergia de contato. Poderemos citar algumas, como o níquel (encontrado em bijuterias e mesmos jóias finas), plantas, borracha (Latex), perfumes, maquiagem, e outras. Até mesmo o sol pode provocar alergia para determinadas pessoas.

A alergia ao níquel é bastante comum, já que vários produtos contém esse agente em sua fórmula. é o caso das bijuterias, as jóias mais finas, zíperes, moedas, tesouras, grampos, canetas, pinças, enfim, uma infinidade de produtos que utilizamos dia a dia. As lesões causadas por ele vão aparecer nos locais onde usamos os produtos. Assim sendo, é comum observarmos uma vermelhidão do pescoço daqueles que usam corrente feita com níquel, alergia no lóbulo da orelha daqueles que usam brincos com níquel, e assim por diante. Essas lesões provocam muita coceira, vermelhidão, às vezes bolhas. Uma forma de solucionar o problema é evitar de usar essas bijuterias ou produtos que estejam provocando a alergia, além de usar uma pomada a base de corticoide para aliviar os sintomas.

Outro tipo de alergia de contato comum é aquele provocado pelo uso de cosmésticos e tinturas de cabelo. A região dos olhos é a mais susceptível ao uso de maquiagem, mas pode afetar outras partes do rosto. Mesmo produtos como hidratantes, protetores solar, perfumes e outros produtos usados na pele podem provocar reação alérgica. Em geral, a alergia dos cosmésticos é causada pelos perfumes colocados nesses produtos. Deve-se incluir nesta lista também os desodorantes como causadores de alergia. Outro ingrediente que normalmente está presente nos cosmésticos e que é responsável pelas alergias de pele são os preservativos, que são colocados nos produtos para prevenir que se contaminem com bactérias. Os sintomas são de coceira, vermelhidão no local,muitas vezes com descamação e até mesmo bolhas. Em geral, a pessoa percebe a irritação quando muda para um novo cosméstico, porém, nem sempre é possível saber o que está provocando a alergia, principalmente se a pessoa usa vários produtos diferentes. Quando houver dúvida em se detectar qual é o agente que está provocando a alergia, o melhor jeito é fazer um teste alérgico, colocando-se todos os possíveis alérgenos em contato com a pele, em forma de emplastro, para ver qual é o causador do problema. Sabendo-se qual é o causador da alergia, a melhor forma é não usar qualquer produto que contenha aquele agente. Fique algum tempo sem usar nenhum produto para depois testar um outro cosmético. Para tratar o problema em si, usam-se cremes a base de corticoides, sendo que para a região dos olhos deve-se usar uma fórmula bem mais fraca, pois é uma região bem sensível.

Também são frequentes as alergias de contato por produtos de borracha como sandálias, pulseiras de relógio, e aqueles produtos feitos à base de látex, como por exemplo, as luvas cirúrgicas e até mesmo a camisinha. Em relação às luvas cirúrgicas, o problema vem crescendo muito, principalmente entre os médicos e dentistas que necessitam usá-las frequentemente. Muitas vezes, a alergia nem é causada pelo látex em si, mas pelos produtos que são colocados nas luvas, como o talco. É preciso diferenciar bem o agente causador. Para aqueles com alergia à luva de látex, estão sendo fabricadas luvas de vinil e outros materiais sofisticados que não provocam alergia. Outro problema sério tem sido em relação às camisinhas, também produzidas por látex. Como ultimamente vem crescendo o número de doenças transmissíveis pelo sexo, tem sido muito recomendado o uso de preservativos como forma de prevenção. Mas, com isso têm surgido mais casos de alergia ao produto. Como uma forma de melhorar a situação, estão sendo fabricadas camisinhas com outros materiais que não o látex, como por exemplo estireno e polímeros. É bom salientar que nem sempre a alergia é causada pelo preservativo em si, mas pode ser causada pelos lubrificantes que são colocados na camisinha quando são produzidos. Nesse caso, mudando-se de uma marca para outra pode resolver o problema.

DIAGNÓSTICO E TRATAMENTO
Vários outros produtos podem causar dermatite de contato, como por exemplo, o mercúrio-cromo, o mertiolate e outros medicamentos aplicados à pele. Em relação ao sol, não é o sol em si que provoca a alergia, mas a exposição aos raios ultra-violeta pode provocar uma reação com algum produto que foi aplicado na pele e causar alergia. Até mesmo alguns bronzeadores e bloqueadores solares podem provocar alergia em determinadas pessoas. Algumas pomadas antibacterianas, perfumes e cosméticos podem se enquadrar nesse grupo. Para fazer o diagnóstico, segue-se o mesmo esquema para outras dermatites de contato. O tratamento como sempre é baseado principalmente em evitar a exposição. Para alívio dos sintomas, usar pomada corticóide e, se necessário, o uso de antihistamínicos por via oral.

Luz e Paz,

Marilda Jorge

domingo, 8 de agosto de 2010

Pai!

Texto enviado por Celeste Duarte Lisboa, obrigada pela colaboração.

Homenagem a todos os PAIS, composição de Fabio Jr.

Pode ser que daqui a algum tempo
Haja tempo prá gente ser mais
Muito mais que dois grandes amigos
Pai e filho talvez...
Pai!
Pode ser que daí você sinta
Qualquer coisa entre
Esses vinte ou trinta
Longos anos em busca de paz...
Pai!
Pode crer, eu tô bem
Eu vou indo
Tô tentando, vivendo e pedindo
Com loucura prá você renascer...
Pai!
Eu não faço questão de ser tudo
Só não quero e não vou ficar mudo
Prá falar de amor
Prá você...
Pai!
Senta aqui que o jantar tá na mesa
Fala um pouco tua voz tá tão presa
Nos ensine esse jogo da vida
Onde a vida só paga prá ver...
Pai!
Me perdoa essa insegurança
Que eu não sou mais
Aquela criança
Que um dia morrendo de medo
Nos teus braços você fez segredo
Nos teus passos você foi mais eu...
Pai!
Eu cresci e não houve outro jeito
Quero só recostar no teu peito
Prá pedir prá você ir lá em casa
E brincar de vovô com meu filho
No tapete da sala de estar
Ah! Ah! Ah!...
Pai!
Você foi meu herói meu bandido
Hoje é mais
Muito mais que um amigo
Nem você nem ninguém tá sozinho
Você faz parte desse caminho
Que hoje eu sigo em paz
Pai! Paz!...
Site Meter