Seguidores

domingo, 31 de agosto de 2008

Fracasso

Texto enviado pelo Dr. Luiz Carlos Jorge, obrigada pela colaboração.

Repentinamente me deparo com a pergunta: O que é fracasso?

Existem várias interpretações. Uma delas é que AINDA não venci. Para mim, esta é a mais clara das definições. O “AINDA” em maiúsculo é para deixar claro que permaneço em luta constante.

Na vida humana a luta faz parte de nosso cotidiano. Não se trata de um jogo, de uma disputa, de uma corrida de obstáculos onde as regras estabelecem começo meio e fim. Trata-se de APRENDER com as dificuldades. Aqui o termo fracasso deve ser substituído por percalço, jamais por derrota.

Quando efetivamente fracassamos estamos DETERMINANDO a nossa falência como ser humano, como essência. Falir significa, literalmente, acabar de vez. É a interrupção da continuidade. Isso só acontece, se queremos, no plano material e principalmente dos negócios.
Mas, em todos os casos, praticamos acidentes de percurso. Avaliamos de forma incorreta o futuro de nossas atitudes.

Erwim Lutzer diz que o Fracasso é a porta dos fundos do Sucesso. Também acho.
Assim, o fracasso para uns pode ser um sucesso para outros. Perdi um cliente, por exemplo. Pois bem, ainda posso pensar, agora já sei COMO NÃO SE FAZ. Acabei de dar o devido valor ao meu “fracasso”. Tudo na vida depende da forma como encaramos os fatos.

As pessoas experientes já não se contentam em justificar o seu fracasso. Isso é perda de tempo. As pessoas experientes podem ser sábias e a sabedoria é o aprendizado em cima da cultura. É a cultura aplicada. É o fracasso bem interpretado. Para mim, além do que concordei acima, o fracasso é, também, apenas a parte amarga do sucesso.

Os mais pessimistas, aqueles que foram adestrados e não educados pelos pais; aqueles que não respeitam os professores e que acham que em tudo precisa haver igualdade, até no desrespeito, acham que o fracasso é o fim.

Não, não é o fim. Quando chegamos ao fundo do poço é muito bom. Pior não fica. Assim acabamos de instalar o começo de nossa vitória. Imagine se cada empresário, em um percalço (outra forma de analisar o fracasso) desanimasse. Como ele faria para se tornar novamente vitorioso? Ficando depressivo? Não. Indo à luta. Analisando seus passos e decisões recentes e tomando novo rumo.

Deixei mais para o fim do texto para afirmar que o fracasso só existe no campo e na visão humana. Especificamente na forma do julgamento material.
No plano Cósmico ele é apenas e tão somente uma fase do nosso aprendizado e de nossa evolução. Precisamos reforçar também que, enquanto para a maioria das pessoas o fracasso é o fim, para os empreendedores é apenas o meio do caminho.

Vou lhes revelar um SEGREDO.
O Fracasso está diretamente relacionado com a correta aplicação de duas palavras:
SIM e NÃO.
Sou um fracassado quando me permito dizer SIM e quero dizer NÃO.
Sou um fracassado quando me permito dizer NÃO e quero dizer SIM.

Esta é a primeira grande lição que todo SER HUMANO precisa aprender para saber conviver consigo e com as suas verdades. Só assim vai aprender a ser independente e entender que a vida se conhece exercendo o Livre-Arbítrio.

Você já fracassou? Ótimo. Agora já sabe como não se faz. Daqui para frente faça de acordo com as suas verdades. Difícil? Claro que é. Se fosse fácil esta não seria uma das etapas de nossa evolução. Saber vencer este ponto é efetivamente “passar de ano” na Escola da Vida.

8 comentários:

Dario Mesquitoff disse...

Maravilhoso este texto e o seu blog!
Muitos blogs por ai só tem mensagens de gozação e besteirol... fiquei impressionado com os textos e comentarios e quero te parabenizar em todos os sentidos!!! No mundo de hoje precisamos de pessoas que tenham a coragem de falar a verdade, ajudar e fazer crescer.
Seu blog é um arrazo!

Marilda Jorge disse...

Olá Dário!
Foi muito importante ver os seus elogios e comentários. As pessoas não estão ligadas nestes assuntos e a maioria sofre... pois viver só de ilusões sempre, tem um preço muito alto. Continue participando, pois precisamos de pessoas que acreditem em si mesmas e ajudem as outras a entenderem que passar de ANO na vida, é entender os altos e baixos...
Luz e Paz!

Fouad disse...

Olá até que gostei de encontrar vocês neste blog. Fui muito amigo do pai de vocês e de vocês, sempre renovei minha carta de motorista lá na Ametran. Fiquei sabendo da morte do seu pai, o Guilherme, outro dia por um amigo em comum. Meus sentimentos! Eu sempre achei vocês maravilhosos e vendo o seu trabalho minha querida Marilda Jorge, sei que o que você fala... você escreve e vive!
Parabéns por voltar a escrever e ter voltado a pintar. Entrei no site e adorei as suas mandalas e quadros em geral. De um grande abraço ao seu irmão Luiz Carlos e um grande beijo para você.

Marilda Jorge disse...

Fouad que surpresa agradável ter o seu comentário e a sua lembrança no nosso blog!
Agradeço de coração a lembrança do papai, ele realmente foi e é ainda para nós, uma pessoa muito especial.
Obrigada pelos elogios e pela força.
Obrigada também pelo abraço ao meu irmão será dado e ele ficará muito contente.
Continue participando do blog sempre.
Beijos para você e muita Luz e Paz!

Andrey Aspetta disse...

Sugiro sempre às pessoas que mudem um pouco seu vocabulário e, consequentemente, sua forma de encarar as coisas.
Ao invés de usar as palavras SUCESSO e FRACASSO, sugiro a palavra RESULTADO!
Frente a uma situação que, normalmente classificamos como FRACASSO, qual a pergunta que vem?
Geralmente, perguntamos POR QUE?
Essa pergunta só nos levará a respostas rápidas e, normalmente, desculpas: não conseguimos porque choveu, porque outra coisa atrapalhou, porque foi difícil, porque, porque, porque ....
Ao invés, então, de FRACASSO, usem RESULTADO e a pergunta muda: COMO?
"COMO?" fará com que analisemos o caminho percorrido até o resultado final e poderemos ver onde nos desviamos do trajeto, por exemplo!
COMO chegamos a esse resultado?
Em vez de desculpas, teremos uma visão global to trajeto percorrido até o RESULTADO. Aí, poderemos "refazer" o caminho e corrigir a rota.
Tentem!

Andrey, from Brazil.

Marilda Jorge disse...

Olá Andrey!
Já nos vimos outro dia e como esta a sua estada no Brasil?
Adorei o seu comentário!
Beijos e muita Luz e Paz!

Vanessa Garcia Toledo disse...

Prezados Amigos!
Ao ler estes comentários, não pude deixar de colocar o meu.
Ler tanta coisa bonita e verdadeira sinto um contentamento muito grande, pois sou amiga e paciente da Marilda Jorge há 5 anos, e desde que eu a conheci nunca mais fui a mesma, a minha vida mudou e claro, mudou para melhor. Apenas quero dizer que, agradeço de coração ao meu Pai Celestial por ter colocado a sua pessoa de muita luz no meu caminho.
Agradeço tb por sempre ter me apoiado e me orientado, é como sempre diz, podemos balançar, mas jamais cair.
Obrigada e que Deus te abençõe.
Vanessa Garcia Toledo

Marilda Jorge disse...

Vanessa querida! Que alegria a sua presença no nosso blog. Obrigada pelo carinho e pelos elogios. Continue participando sempre e que a sua vida seja um sucesso sempre.
Beijos e muita Luz e Paz.

Site Meter